Correio Central
Voltar Notícia publicada em 03/09/2019

Polícia de Ouro Preto do Oeste divulga produtos recuperados em boca de fumo

Usuário de droga furtou Iphone em hotel, aparelho foi rastreado e levou a polícia até o dono da boca de fumo.

A Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste divulgou imagens de celulares, kits de maquiagem e produtos diversos que foram recuperados em uma boca de fumo no Jardim Aeroporto e serão ressarcidos aos seus respectivos donos.

No final da última semana, durante investigação de um furto de celular uma ação conjunta das polícias Civil e Militar resultou na apreensão de 270 gramas de maconha, e na prisão em flagrante de dois indivíduos por tráfico e furto.

O celular Iphone 5S furtado em um hotel da cidade foi rastreado pela polícia e localizado no Jardim Aeroporto, à Rua Celso Carminatti. No local, a polícia prendeu em flagrante João P.B.R.S., de 29 anos, que mora no bairro e teria admitido aos policiais que adquiriu 1 quilo de maconha para vender.

Depois, os policiais se dirigiram até um endereço na Rua Getúlio Vargas, no Bairro Liberdade, e prenderam Marcos. V. S. A., 24 anos, pelo furto do celular. 

Na residência do Jardim Aeroporto onde estava a droga, os policiais apreenderam ainda 12 parangas de maconha prontas para comercialização, uma balança digital CE, tesoura e papel alumínio que era usado para embalar a droga.  

Na casa, os policiais apreenderam e encaminharam para a Delegacia Civil uma espingarda marca Rossi com luneta, 01 TV Panasonic de 32 pol., 01 computador marca CCE, kits de maquiagem, 01 monitor Samsung, 2 celulares LG sem procedência, um celular Multilaser de cor branca/dourada, 03 controles de Playstation 01 caixinha de som JBL, anel e corrente amarelas, perfumes, capacete e partes da CRLV de uma motocicleta - placa NCI-6679).

O Iphone foi furtado na última quinta-feira, na recepção de um hotel que fica próximo da rodoviária da Avenida Duque de Caxias. No período da tarde, o dono do celular conseguiu rastreá-lo, e comunicou a polícia. 

Em ação conjunta, policiais civis e militares se deslocaram para o endereço, descobriram que no local funcionava um ponto de venda de drogas. O responsável pelo ponto de venda de drogas admitiu o crime, e apontou o indivíduo que trocou com ele o celular por duas parangas de maconha.

Ambos acabaram presos. Os itens recuperados serão devolvidos aos proprietários que comprovarem com documentos serem os verdadeiros dono dos produtos recuperados na suposta boca de fumo.

TRABALHO CONJUNTO DA CIVIL E PM RESULTOU NO FECHAMENTO DE UM PONTO DE VENDA DE DROGA NO JARDIM AEROPORTO.

Fonte: www.correiocentral.com.br