Correio Central
Voltar Notícia publicada em 20/08/2017

Veja vídeo exclusivo da detonação de maciço rochoso à margem da BR-364 na manhã de sábado

1.200 quilos de explosivos foram usados em duas detonações nos trechos da serra após a Balança Rodoviária do DNIT

A interdição de trecho da BR-364 na manhã de sábado (19) para remoção de maciços de rocha por detonação de explosivos, entre Ji-Paraná e Ouro Preto do Oeste na altura do KM 375,50, próximo a Balança Rodoviária do DNIT desativada, durou cerca de sete horas, a PRF fez duas barreiras nos dois sentidos para orientar os usuários da rodovia federal sobre o desvio existente.

Ao todo, 1.200 quilos de explosivos foram usados em duas detonações de rochas para a construção da terceira faixa no trecho próximo a Ouro Preto do Oeste.

Caminhões leves e veículos de passeio utilizaram um desvio pela linha 37, via travessão 04 até a RO-473, retornado para o BR na altura do Km 31. Duas filas quilométricas se formaram nos dois sentidos da rodovia federal.

A detonação causou o rompimento de um fio de energia de uma propriedade muito próxima que teve a cerca destruida por pedras, mas orestante da operação ocorreu dentro da normalidade e a empresa responsável pela obra efetuou a remoção das pedras que foram lançadas na pista da BR, que após ser lavada foi liberada para tráfego. O serviço foi vistoriado por Jácome da Silva Marinho, chefe substituto da Unidade Local do DNIT em Ji-Paraná juntamente com técnicos da Maia Melo Engenharia e Consultoria de Recife (PE).   

AS PEDRAS FORAM LANÇADAS À RODOVIA INTERDITANDO A PISTA POR SETE HORAS

EXPLOSÃO LEVANTOU ENORME COLUNA DE FUMAÇA COM PEDRAS VOANDO

EXPLOSÃO NO SENTIDO JI-PARANÁ A OURO PRETO FOI MENOR

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues - vídeo André Carvalho Lima