Correio Central
Voltar Notícia publicada em 23/07/2019

Governo do Estado credencia 5 UTI’s Neonatal em Ouro Preto do Oeste pelo SUS

O Hospital São Lucas vai ofertar os leitos de UTI, a regulação será feita pelo Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga.

O Governo do Estado estará credenciando nos próximos dias quatro unidades de UTI’s Neonatal modernas em um hospital particular de Ouro Preto do Oeste (RO) que vai amenizar a situação na Região Central do Estado que não UTI Neonatal, a iniciativa é inédita em Rondônia.

Em Rondônia só existem UTI Neonatal privadas com leito credenciado pelo SUS em Ariquemes e Porto Velho. Uma diária em uma UTI Neonatal particular custa mais de R$ 4 mil.  

As UTI’s Neonatal serão oferecidas em casos de extrema urgência pelo Sistema Único de Saúde (SUS) através do Hospital São Lucas que tem o prazo de 40 dias para concluir a obra.

São cinco unidades ultramodernas reservadas para tratamento de prematuros e bebês recém-nascidos que apresentaram algum problema grave de saúde ao nascer.

Essa iniciativa inédita é fruto da parceria entre o governo através da Secretaria de Estado da Saúde (SEMSAU), a prefeitura da Estância Turística Ouro Preto do Oeste com apoio do senador Marcos Rogério (DEM), que faz gestão política em Brasília (DF) por mais recursos para a saúde pública de Rondônia.

O secretário estadual de Saúde Fernando Rodrigues Máximo esteve visitando a cidade de Ouro Preto do Oeste na última semana, e acompanhado do prefeito Vagno Gonçalves Barros (PSDC) e do secretário municipal Cristiano Ramos Pereira, vistoriou a construção das unidades de UTI Neonatal que serão credenciadas pelo governo. Ele elogiou a estrutura das UTI’s.

A porta de entrada para que o paciente tenha acesso as UTI’s será o Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga, e as UTI’s serão utilziads por meio de regulação. O prefeito Vagno Gonçalves Gonçalves (PSDC) garantiu que a prefeitura vai todo o suporte necessário para que a saúde pública da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste seja elevada seja elevada a nível estadual.

O secretário Cristiano Ramos adiantou que para complementar o projeto, a Secretaria Municipal de Saúde terá que montar um banco de leite no Hospital Municipal.

O senador Marcos Rogério, em contato com a reportagem do site Correio Central, disse que essa iniciativa é um grande salto para a saúde pública do estado de Rondônia; ele disse que vai continuar trabalhando por mais recursos junto ao Ministério da Saúde (MS) para canalizar recursos para dar suporte as ações de saúde no estado.

SECRETÁRIO DE SAÚDE FERNANDO MÁXIMO VISITOU AS INSTALAÇÕES DO HOSPITAL SÃO LUCAS ONDE FUNCIONARÁ A UTI

  

   

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br