Correio Central
Voltar Notícia publicada em 23/01/2018

Civil e PM de Urupá prendem homem condenado por estupro de jovem no ginásio de Ouro Preto do Oeste

Willian Mazon Cezário foi condenado por estuprar uma jovem no ginásio Piauzão em 2013; ele se casou e morava em Nova Aliança

Ação em conjunto das polícias Civil e Militar do município de Urupá resultou na localização e prisão de Willian Mazon Cezário, 27, que foi condenado pelo Juizado Criminal da Comarca de Ouro Preto do Oeste por um estupro praticado contra uma adolescente de 17 anos, em crime cometido na cidade de Ouro Preto do Oeste, em novembro de 2013.

Condenado a seis anos de reclusão e tido como foragido da Justiça, o Serviço de Inteligência da PM de Ouro Preto enviou informações para Urupá, e Willian foi preso na Linha 16, lote 244, na região do distrito de Nova Aliança.  

 O crime ocorreu na noite de 23 de novembro, por volta de 21 horas, nas dependências do Ginásio de Esportes Agmar de Souza “Piauzão”. Segundo a polícia, Willian Mazon teria atacado a vítima quando ela caminhava pela rua José Lenk, e mediante grave ameaça a teria arrastado para uma árvore próxima de uma caixa d´água, e consumado o estupro.

A Polícia Militar conseguiu localizar e prender Willian momentos depois do estupro, ele permaneceu seis meses preso, e foi liberado para responder pelo crime em liberdade. A Justiça o sentenciou a seis anos de reclusão no regime semiaberto, o advogado do acusado recorreu, mas o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJ/RO) manteve a condenação. Ao invés de se apresentar para cumprir a pena, Willian Mazon Cezário decidiu fugir e viver escondido.

A reportagem do site Correio Central apurou que o homem acusado de estupro se casou recentemente, sua mulher está grávida, e ele era beneficiário do programa Bolsa Família no município de Urupá. Agora, ele será recambiado para a Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste para cumprir a pena.

Fonte: www.correiocentral.com.br