Correio Central
Voltar Notícia publicada em 05/07/2017

Proerd forma turminha da Cecília Meireles; mais de 600 alunos foram formados em Ouro Preto no 1º semestre do ano

O Proerd repassa cidadania, respeito e faz a diferença na vida de crianças e adolescentes para eles lidarem com assédio imoral

O Proerd - Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência – executado pela Polícia Militar trabalhou com 80 crianças com idade entre seis e sete anos, alunos da Escola Municipal Cecília Meireles, a formatura ocorreu na noite da última terça-feira (4).

Somente neste primeiro semestre de 2017, o Proerd formou 311 alunos do 2º ano do ensino fundamental e 300 alunos na fase adolescente das Escolas municipais de Ouro Preto do Oeste, informou o sargento PM Chagas, que coordena os cursos com auxílio dos PMs Araújo e Souza.

A cerimônia de formatura na Escola Cecília Meireles contou com a participação do comandante da 3ª Companhia de Policiamento Ostensivo, capitão PM Bruno Costa; o presidente da Câmara vereador J. Rabelo, o vice-prefeito Valério, e membros do Conselho Tutelar e da SEMECE prestigiaram o ato.

O vice-prefeito Valério Pessoa, o vereador J. Rabelo e o comandante da PM fizeram uso da palavra e enalteceram as qualidades e importância do programa nas escolas públicas municipais, e que essa atividade auxilia na formação do caráter dessas crianças e adolescentes. Capitão Costa pediu aos pais que acompanhem a vida acadêmica de seus filhos, pois é neste ambiente que tudo começa para eles, desde criancinhas.

O PM Souza falou aos pais presentes sobre a importância do Proerd para as crianças que participam de aulas direcionadas sobre drogas, violência e aprendem com monitores do programa sobre como distanciar, se afastar e evitar as drogas, afastando-as da violência, e lembrou que o Proerd foi implantado há 34 anos no Brasil, e está completando 18 anos que foi implantado em Rondônia.

Lucilene Silva de Barros, mãe do aluno Felipe de Barros Gonçalves, de sete anos, disse que a semana que seu filho fez o curso do Proerd foi de descobertas, e que vai valer para toda a vida dele. “Ele aprendeu bastante coisa, a gente nunca teve a atitude de ensinar pra ele o endereço da nossa casa, o número do telefone. Eles gostam muito, chegam em casa falando que o policial esteve na sala. Muito bom”, elogiou a mãe.

A diretora Aline Coelho agradeceu em nome dos pais a Polícia Militar pela oportunidade de levar o curso do Proerd aos alunos da Escola Cecília Meireles; ela aproveitou o momento e fez um apelo as autoridades, para que não deixem o Proerd parar, como já ocorreu em Ouro Preto. “Nós estamos aqui nessa noite, aproveitando a oportunidade e fazendo um apelo para as nossas autoridades, que vocês ajudem a Polícia Militar, eu acho que esse projeto não pode acabar, percebemos a diferença que o Proerd vem fazendo na vida das crianças aqui da nossa escola”, disse a diretora.

O sentimento de gratidão da direção, educadores, pais e, principalmente dos alunos, ficou evidenciada nas inúmeras homenagens feitas ao sargento Chagas, que coordenou o curso e se emocionou com as surpresas preparadas para ele.

PROERD FORMOU 311 CRIANÇAS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 EM OURO PRETO

PM CHAGÃO FOI O HOMENAGEADO DA NOITE NA ESCOLA CECÍLIA MEIRELES

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues