Correio Central
Voltar Notícia publicada em 15/08/2017

Prefeito de Ariquemes decreta a execução do Hino Nacional em Escolas; Serginho Castilho quer modelo militar em OPO no 28 de Novembro

Em duas semanas alunos em Ariquemes terão que cantar o Hino Nacional, e vereador Serginho defende modelo modelo para em Ouro Preto do Oeste

Decreto assinado na segunda-feira (14) pelo prefeito de Ariquemes, Thiago Flores (PMDB), torna obrigatória a execução do Hino Nacional, uma vez por semana, nas escolas públicas e privadas de ensino infantil e fundamental do município, a resolução passa a valer dentro de 14 dias, prazo para que a Secretaria Municipal de Educação possa se adequar a medida.

O prefeito, que é delegado de carreira do quadro da Polícia Civil de Rondônia, argumenta que a obrigatoriedade da execução do Hino Nacional nas escolas públicas e privadas já é prevista em Legislação Federal – Lei Federal nº 5.700, de 1º de setembro de 1971, alterada pela Lei nº 12.301, de 21 de setembro de 2009.

O Decreto considera que, há alguns anos, tínhamos na grade curricular das escolas a Disciplina Educação Moral e Cívica, onde eram trabalhados os hinos brasileiros, as armas nacionais, os Órgãos mais importantes do Governo Federal e Estadual, dentre outros assuntos ligados ao civismo.

Por fim, o Decreto justifica a necessidade de mudar essa desvalorização cívica e motivar a população a ter mais paixão pelo país.

SERGINHO CASTILHO QUER MODELO MILITAR EM OURO PRETO DO OESTE

O vereador Serginho Castilho (PRP), defende a implantação de modelo militarizado de administração na Escola Estadual 28 de Novembro, instituição de ensino público onde ele estudou na adolescência, sob o argumento que o modelo educacional militar vem dando certo em outras instituições a nível de País e Estado. e contribuindo com melhor desempenho da educação.

Serginho Castilho argumenta que números revelam que escolas administradas pelo modelo militar tem resultado, tanto educacional como social, evita problemas como as drogas, a baixa adesão escolar e outras situações que dificultam o dia a dia dos educadores.

Para o vereador, a iniciativa visa atender anseios de pais e alunos que acreditam que essa transferência para o modelo militar trará resultados positivos incalculáveis.  

O vereador Serginho Castilho viaja nesta terça-feira para Porto Velho, onde pretende ter audiências com militares do Comando da Polícia Militar de Rondônia e na Secretaria de Estado da Educação (SEDUC/RO) para reivindicar o modelo militar para a Escola Estadual 28 de Novembro.

O vereador de Ouro Preto do Oeste esclarece que o modelo militar não tira o poder de atuação dos educadores, pois as coordenações pedagógica, administrativa e financeira são exercidos por profissionais devidamente habilitados, em consonância com a legislação educacional vigente no País.  

VEREADOR SERGINHO CASTILHO DEFENDE O MODELO MILITAR PARA A ESCOLA ESTADUAL 28 DE NOVEMBRO 

 

    

Fonte: www.correiocentral.com.br