Correio Central
Voltar Notícia publicada em 14/03/2017

Consultor do Ministério da Pesca elogia a piscicultura de Rondônia, e diz que gargalos são do crescimento

O Portal do Peixe e o Grupo de Trabalho formado em Rondônia foram elogiados pelo representante do Ministério da Pesca

A atividade da piscicultura em Rondônia ocupa hoje o segundo lugar em produção de pescado de cativeiro e o primeiro lugar em produção de peixe nativo, resultado da cadeia produtiva que foi montada a partir do aparato que foi sendo ofertado pelo governo para auxiliar os piscicultores, e pelo empreendedorismo de médios e grandes criadores.

Em face desse crescimento, é natural que surjam gargalos a serem tratados nas regiões onde acontece a piscicultura, e nesse sentido a criação do Grupo de Trabalho em novembro passado pelo governo do Estado e ferramentas como o Portal do Peixe (www.portaldopeixe.ro.gov.br) serão determinantes para sanar as adversidades. “Os gargalos são naturais do crescimento dessa cadeia produtiva. Não existe um grande gargalo, existe o gargalo do crescimento que acontece”, sublinha Jackson Luiz Pinelli, coordenador-geral da Aquicultura Continental em Estabelecimentos Rurais e Áreas Urbanas do Ministério da Pesca e Aquicultura.

Jackson Pinelli foi um dos principais palestrantes do ciclo de palestras do 1º Seminário Peixe Saudável promovido de 8 a 10 de março em Rondônia, nas cidades de Ariquemes, Pimenta Bueno e no Centro de Treinamento Técnico da Emater (Centrer), em Ouro Preto d’Oeste.

Para o representante do Ministério da Pesca, é muito positivo o fato de o governo e os piscicultores sentarem à mesa para discutirem o problema da sanidade, da complexidade da legislação ambiental da Amazônia Legal e da cadeia produtiva como um todo. “No sul, a criação é de peixe exótico e, em Rondônia, a produção é de peixe nativo e esse crescimento começa a ter problema de sanidade, mas começa a se resolver agora. O Estado está preocupado, o piscicultor está preocupado”, pontuou Pinelli.

O governador Confúcio Moura participou do Seminário no Centrer, e no seu discurso agradeceu ao representante do Ministério da Pesca pela consideração a cerca da piscicultura em Rondônia; ele elogiou o nível de conhecimento dos pesquisadores e agradeceu aos piscicultores, técnicos e universitários que participaram do aprendizado.

O Portal do Peixe já está no ar e com todas as informações necessárias para os piscicultores aprimorarem o seu conhecimento no lido com a piscicultura.

PORTAL DO PEIXE JÁ ESTÁ NO AR PARA AUXILIAR OS PSCICULTORES DE RONDÔNIA

JACKSON PINELLI DISSE QUE AS DIFICULDADES EXISTEM POR QUE A PISCICULTURA ACONTECE EM RO

Fonte: Por Edmilson Rodrigues