Correio Central
Voltar Notícia publicada em 08/04/2019

Segurança é esfaqueado por mecânico em inauguração de casa noturna de Vale do Paraíso

Wernis Pereira da Silva, de 27 anos, esfaqueou Lucélio Pinto da Silva que ficou com as vísceras expostas e foi transferido para Ji-Paraná.

Um homem de 34 anos que trabalhava como segurança durante a inauguração de uma Pub na cidade de Vale do Paraíso (a 36 Km de Ouro Preto do Oeste) foi esfaqueado por um mecânico de 27 anos que trabalha em uma loja de peças da cidade, a vítima ficou com as vísceras expostas tamanha força do golpe desferido pelo agressor.

Lucélio Pinto da Silva, vítima da facada, foi socorrido por populares ao HM de Vale do Paraíso, recebeu os primeiros socorros e foi transferido para Ouro Preto do Oeste ao Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga, e por último o paciente foi encaminhado para o Hospital Municipal de Ji-Paraná.

O autor da facada, Wernis Pereira da Silva, que trabalha em uma loja e oficina de peças da cidade, só não consumou o homicídio contra o segurança porque foi contido por populares e pela PM; ele acabou preso em flagrante pela Polícia Militar, e foi conduzido para a Delegacia Civil em Ouro Preto do Oeste.

Os seguranças que estavam no evento, afirmam que Wernis não trabalhava como segurança da festa, conforme foi divulgado em uma publicação deste domingo.

A reportagem do Correio Central apurou os fatos ouvindo testemunhas envolvidas na briga, e que presenciaram a confusão. o alvo de Wernis era o segurança Miguel Alves Ribeiro, 24 anos, pois que ambos tinham saído em luta corporal 20 minutos antes da tentativa de homicídio praticada pelo mecânico.

Uma briga teve início dentro do salão de festa, uma parte dos seguranças se dirigiu para dentro da casa noturna, enquanto o restante ficou na portaria. Wenys, que estava do lado de fora, tentou entrar para a festa, o segurança Miguel Alves o impediu e teve que lutar com o mecânico.     

Momentos depois, Wernis retornou com uma faca com cabo de madeira medindo 15 centímetros e foi para cima de Miguel, Lucélio entrou na frente do colega e acabou sofrendo o golpe desferido por Wernis.

O delegado de polícia Henrique Mendonça Bittencourt, que respondia pelo plantão, ratificou a prisão em flagrante de Wernis Pereira e ele foi encaminhado para a unidade prisional da cidade.  

A reportagem apurou na manhã desta segunda-feira que Lucélio Pinto da Silva, que ficou com as vísceras expostas pela facada que levou, passou por procedimento cirúrgico ontem pela manhã no Hospital Municipal de Ji-Paraná, e seu quadro clínico é observado de perto pela equipe médica da unidade de saúde pública.

Imagem: ilustrativa

 

Fonte: www.correiocentral.com.br