Correio Central
Voltar Notícia publicada em 28/12/2020

Ouro Preto do Oeste: sitiante tem o WhatsApp clonado e golpista tenta negociar sua terra

O golpista se passando pela vítima conseguiu enganar um interessado que depositou R$ 5 mil em uma conta indicada por ele.

Um cidadão de Ouro Preto do Oeste procurou a polícia para comunicar uma clonagem de sua conta no aplicativo de WhatsApp e para informar que o estelionatário que violou seu celular já havia iniciado negociações em seu nome na tentativa de ludibriar pessoas conhecidas do seu círculo familiar, de negócios e de amizades.  

O registro na polícia foi feito no dia 24 de dezembro, quinta-feira, véspera de Natal. Segundo o denunciante o indivíduo estava usando o aplicativo, se passando por ele e até aquele momento tinha oferecido sua propriedade rural e conseguido receber R$ 5 mil como adiantamento de uma pessoa interessada.

A vítima que teve o aplicativo de celular clonado, de iniciais E.R.C.A., reside no Jardim Novo Estado, já cadastrou outro número e avisou seus contatos sobre o ocorrido. O número clonado é o 69 9280 0682.

A ocorrência foi registrada na Delegacia Civil como crime de estelionato.

A Polícia Civil tem orientado as pessoas a não fazerem negócios pelas redes sociais ou aplicativo sem antes checar a veracidade da oportunidade ofertada. Geralmente, golpistas usam do artifício de oferecer a preço de “banana” bens e imóveis com propaganda verdadeira extraída de sites de compra e venda.

O produto existe, está à venda. Porém, o golpista retira o celular do verdadeiro contato, coloca o seu celular e reduz o preço a fim de fisgar pessoas que querem levar vantagem em negócios.

Fonte: www.correiocentral.com.br