Correio Central
Voltar Notícia publicada em 19/04/2021

Ouro Preto do Oeste: Colisão entre caminhão baú e Fiat Uno destrói frente e lateral dos veículos

A colisão ocorreu no Bairro Nova Ouro Preto à Rua José Lenk, quase na esquina com a Rua Sebastião Cabral de Souza.

Um acidente de trânsito ocorrido no final da tarde de sábado (17/04) na área urbana de Ouro Preto do Oeste (RO), envolvendo um caminhão Volkswagen baú ¾ e um veículo de passeio, modelo Fiat Uno, por muita sorte não fez vítima, mas causou estrago tremendo nos dois veículos, e muito prejuízo para ambos os lados.

A colisão ocorreu no Bairro Nova Ouro Preto à Rua José Lenk, quase na esquina com a Rua Sebastião Cabral de Souza, onde fica a quadra da rodoviária intermunicipal da cidade. O Fiat Uno ficou com a frente completamente destruída.

O temporal que desabou sobre a cidade já havia cessado, mas ainda caia uma chuva branda. A Polícia Militar foi acionada ao local do acidente, porém os policiais militares da Guarnição destacada para atender a ocorrência ao chegarem na José Lenk só encontraram o motorista de um caminhão guincho.   

O motorista do guincho informou para os policiai militares que as partes envolvidas no acidente haviam entrado em acordo, e como não tinha nenhuma vítima envolvida, e nenhum dos solicitantes presentes, a guarnição da PM retornou ao patrulhamento de rotina.

AVERIGUAÇÃO POLICIAL SEM ALTERAÇÃO

O Fiat Uno teve a frente praticamente destruída com a pancada na lateral do lado do motorista do caminhão baú

O acidente chamou bastante a atenção de transeuntes e curiosos. Rapidamente, vários áudios e vídeos trocados entre pessoas não identificadas por nome, relatando de conversa com os motoristas, e de comentaristas do acidente falando sem qualquer preocupação, e alcaguetando detalhes do acidente, ganharam a rede social por meio do aplicativo de WhatsApp.     

Como a PM não encontrou nenhum dos envolvidos no acidente, e não houve vítima lesionada, a natureza da ocorrência policial registrada na Unisp foi de Averiguação policial sem alteração e contato com vítima/solicitante.

É um procedimento padrão, tendo em vista que toda a cena do acidente foi descaracterizada, os envolvidos se entenderam e foram embora, e não houve feridos.  

Nesse caso, o acidente não alcança a esfera da justiça, de modo que, nenhum dos condutores dos veículos poderão se queixar mais adiante, caso o acordo deles não tenha sido satisfatório para uma das partes.

Imagens: Rede social

 

Fonte: www.correiocentral.com.br