Correio Central
Voltar Notícia publicada em 31/07/2020

Jovem é preso em Ouro Preto do Oeste; ele era procurado e xingou e ofendeu policiais

“Pode mandar pra polícia mesmo, fala pra eles que eles ‘vim ni’ mim do jeito que quiser, pode chegar atirando”, disse o jovem.

O jovem Jefferson dos Santos Oliveira, de 19 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (30) em Ouro Preto do Oeste no Jardim Aeroporto em uma fábrica de artefatos de materiais de construção, por força de um mandado de prisão expedido contra ele por roubo.

O jovem foi preso por agentes do serviço de investigação e captura e seção de inteligência da Polícia Militar. A localização dele foi possível graças a um áudio que ele enviou para alguém bastante valente, chamando investigadores da Polícia Civil de bosta, bando de safados e pilantras.

“Pode mandar pra polícia mesmo, fala pra eles que eles ‘vim ni’ mim do jeito que quiser, pode chegar atirando”, iniciou o jovem, que mal sabia que era justamente sua ligação que iria leva-lo a prisão.

Falando de maneira agressiva e ameaçadora, o jovem continuou: “Comigo é o seguinte ‘vei’: não tenho medo de polícia não entendeu mano. Nunca tive você sabe, nunca tive medo desses ‘bosta’ aí, nem desses merdas do Mirante (da Serra aí”.

Jeferson que era morador de Mirante da Serra mudou-se para Ouro Preto do Oeste após ser indiciado em um inquérito policial que investiga um roubo ocorrido em uma propriedade rural na Linha 24, em que uma família foi rendida pelos criminosos.

Ele encerrou o áudio com o seguinte recado: “Esse porqueira desse “.....”, vai levar pra eles lá, esse bando de pilantra aí, esse “........”, tudo bando de safado”.

Na hora que foi preso pelos policiais militares na Avenida Gonçalves Dias Jefferson começou a chorar, e em meio a choradeira pedia para chamar um advogado pra ele.

O jovem valentão foi levado para a Delegacia Civil e de lá foi encaminhado para a Casa de Detenção para cumprir a pena determinada pela Vara Criminal da comarca.


 

Fonte: www.correiocentral.com.br