Correio Central
Voltar Notícia publicada em 06/07/2024

Grupo de Escolta Tática de Rondônia passa por treinamento operacional no Mato Grosso

O GET é composto por nove agentes de segurança socioeducativos e tem como competências, fornecer o suporte operacional de segurança em caráter preventivo e emergencial nas Unidades

Agentes de segurança da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease), integrantes do Grupo de Escolta Tática (GET), do Sistema Socioeducativo de Rondônia participaram do Curso de Realinhamento Operacional, entre os dias 1º e 5 de julho, em Sinop, no estado do Mato Grosso.

O curso faz parte da formação continuada dos servidores do sistema socioeducativo do estado de Mato Grosso e abordou em sua ementa, o Gerenciamento de Crise, Uso Progressivo da força, Manuseio de Tonfa, AINM (Taser), Defesa Pessoal, Algemamento e Condução e Direção de veículo oficial.

Para o coordenador técnico, Alexandro Lopes Geber, o curso vem para agregar, ainda mais, conhecimentos ao Grupo de Escolta Tática, responsável pelas intervenções às unidades quando necessário, aprimorando a didática dos servidores que atuarão em cursos de realinhamento nas unidades socioeducativas do estado de Rondônia.

O agente socioeducativo Esdras Souza de Freitas destacou a importância da participação do GET no treinamento. “Nós como integrantes do grupo, temos aprendido muito a respeito da parte tática, e operacional durante o curso. Participar deste evento é algo que me auxiliará nas atribuições como agente,” afirmou.

De acordo com o presidente da Fease, Antônio Silva, a formação continuada de operadores do sistema socioeducativo visa cumprir a legislação referente à qualificação dos agentes de segurança do segmento. “O governo de Rondônia tem investido e dado todo suporte ao sistema socioeducativo, a fim de que esse objetivo seja alcançado, agregando conhecimento e qualificação para os servidores,”pontuou.

GRUPO DE ESCOLTA TÁTICA 

O GET é composto por nove agentes de segurança socioeducativos e tem como competências, fornecer o suporte operacional de segurança em caráter preventivo e emergencial nas Unidades de Atendimento Socioeducativos que fujam da normalidade, obedecendo sempre o uso proporcional da força.

Nesta oportunidade quatro dos agentes de seguranças, que integram o grupo, participaram do curso oferecido pelo governo do estado do Mato Grosso.

Texto: Liduína Girão e Jamile Menezes
Fotos: Alexandro Lopes Geber

Fonte: Secom/RO

Leia Também


Update cookies preferences