Correio Central
Voltar Notícia publicada em 25/04/2021

Em Ouro Preto (RO) funcionárias de supermercado sofrem queda de moto grave

Uma funcionária foi encaminhada para Cacoal com traumatismo craniano e a outra para Ji-Paraná, com uma perna quebrada em dois lugares.

Duas comerciarias, Luciana e Tainara, que trabalham como operadoras de caixa do Supermercado Taí Max em Ouro Preto do Oeste, ficaram gravemente feridas após sofrerem uma queda na Avenida que fica em uma das esquinas com o seu local de trabalho.

As garotas foram socorridas e conduzidas Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros. Luciana, que conduzia o veículo, sofreu uma pancada na cabeça e teve traumatismo craniano, ela usava o capacete de segurança que se desprendeu com o impacto contra o asfalto.

Tainara, que ocupava a carona, quebrou uma perna em dois lugares, na fíbula e na tíbia, e sofreu alguns hematomas.

As funcionárias sofreram o acidente na tarde de ontem, sábado (24/04), após saírem de moto do local de trabalho e sofreram uma queda com o veículo na pista sentido a BR-364, de frente ao prédio da UNISP, onde fica a Delegacia Civil, na Avenida Capitão Silvio Gonçalves de Farias.

Luciana chegou ao HM desacordada, recebeu os primeiros socorros e foi encaminhada para o Hospital Regional de referência de Cacoal, colegas de trabalho disseram esta manhã que ela passou por uma cirurgia e aguardava vaga de UTI.

Tainara foi encaminhada para Ji-Paraná, ao Hospital Municipal, para passar por exames ortopédicos e também vai necessitar de cirurgia na perna.

A reportagem não teve acesso ao boletim de ocorrência, portanto a publicação não pode, neste momento, divulgar as causas que levaram as comerciarias a sofrerem a queda.

No entanto, um servidor que trabalhou no plantão desta madrugada no HM, ouviu da jovem que fraturou ossos da perna que Luciana teria perdido o controle do veículo ao passar por um quebra-molas, e mais adiante elas vieram a sofrer a queda.     

Fonte: www.correiocentral.com.br