Correio Central
Voltar Notícia publicada em 02/05/2021

Autor confesso de 24 assassinatos é morto em operação policial

Das 24 vítimas de Cabelinho, 13 – incluindo o próprio irmão dele – foram assassinadas na prisão.

Autor confesso de 24 assassinatos, Erivaldo Francisco Neves de Oliveira (imagem em destaque), de 49 anos, foi morto na manhã deste sábado (1º/5), em Canhotinho, Pernambuco, durante confronto com a Polícia Civil.

Segundo o site Alagoas 24 Horas, “Cabelinho”, como era conhecido Erivaldo, era foragido da Justiça de Alagoas.

Policias cumpriam mandado de prisão contra o homem, mas teriam sido recebidos com tiros. Os agentes disseram ter atingido Cabelinho ao revidarem os disparos. A operação foi realizada pelas polícias de Alagoas e de Pernambuco.

Erivaldo Francisco Neves de Oliveira estava solto desde fevereiro deste ano, após 30 anos no sistema prisional. Das 24 vítimas de Cabelinho, 13 – incluindo o próprio irmão dele – foram assassinadas na prisão.

De acordo com as informações do delegado Gustavo Xavier, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil, a ação realizada por equipes do Tático Integrado de Grupos de Resgate Especial (Tigre), da Polícia Penal de Alagoas com apoio da Delegacia Regional de Garanhuns (18ª Desec), da PC de Pernambuco, foi para prender o criminoso que deixou o sistema prisional, rompeu a tornozeleira eletrônica e fugiu.

Fonte: Metropoles.com com alagoas24horas