Correio Central
Voltar Notícia publicada em 16/05/2020

2 barcos afundam no Rio Jaru, pai de vereador de Vale do Paraíso está desaparecido

o senhor Serrinha foi o único que não retornou à margem do rio. Corpo de Bombeiros iniciou as buscas na manhã deste sábado.

Registrado um acidente ocorrido na tarde desta sexta-feira (15) envolvendo dois barcos tipo voadeira, com seis pessoas a bordo, as embarcações viraram no Rio Jaru, na região próxima da Reserva Biológica do Rio Jaru, na linha 612, em área rural do distrito de Santa Rosa, que pertence ao município de Vale do Paraíso RO).  

Segundo informações da Polícia Militar de Vale do Paraíso somente um ocupante de um dos barcos não retornou ao barranco, o senhor “Serrinha”, que é pai do vereador Antonio Teixeira de Sena, e do ex-vereador Jarbas Teixeira, o “Jarbão”, assassinado em setembro do ano passado em Cujubim, na região de Ariquemes.  

A informação primaria é de que seis pessoas, todos amigos, entraram no rio Jaru pela Linha 612 para uma pescaria. Quanto estavam retornando já escuro, e passando por uma corredeira entrou água um dos barcos. Os ocupantes do outro barco deram a meia volta para ajudar os companheiros e os dois barcos acabaram afundando, os ocupantes nadaram até a margem para se salvar.

De acordo com a Polícia Militar de Vale do Paraíso, a exceção do senhor Serrinha, todos os demais ocupantes dos barcos conseguiram chegar à margem numa escuridão total.

Sem as lanternas que caíram na água, eles fizeram uma conferência, sentiram a ausência de Serrinha e começaram a gritar por seu nome. Há um áudio afirmando que Serrinha teria respondido “tô chegando” duas vezes, mas não saiu da água.

Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros se dirigiu na manhã deste sábado para a boca do Rio Jaru no ponto onde os pescadores afundaram seus barcos, para tentar localizar Serrinha, ainda existe a esperança que ele esteja vivo e pode estar à margem do rio em local de mata fechada.

O prefeito de Vale do Paraíso, Charles Gomes, conversou com a reportagem do site Correio Central por celular quando estava passando pelo distrito de Santa Rosa, se dirigindo para o barranco do Rio Jaru para acompanhar as buscas por Serrinha, que é pioneiro na região e patriarca de uma das maiores famílias da região.

Autor: Edmilson Rodrigues

Foto do encontro do Rio Machado com o Rio Jaru - Edmilson Rodrigues

Fonte: www.correiocentraal.com.br