Correio Central
Voltar Notícia publicada em 03/05/2021

Morre de covid-19 a professora Vânia Marco 1 dia após missa de sétimo dia da morte do marido

Professora Vânia lecionava para alunos do Colégio Uneouro e aos acadêmicos dos cursos de Enfermagem e Farmácia.

Foi confirmado o falecimento da professora da faculdade e colégio Uneouro Vânia Marco, aos 64 anos, ocorrido na tarde desta segunda-feira (03/05), em Ariquemes, onde ela se encontrava internada e intubada após contrair covid-19.

Domingo (02/05), foi celebrada no Santuário de Nossa Senhora Aparecida em Ouro Preto do Oeste a missa de sétimo dia pelo falecimento do marido de Vânia, José Carlos de Marco, que havia falecido no sábado dia 24 de abril, aos 68 anos, no mesmo hospital onde estava internado com sua esposa.  

José Carlos e professora Vânia eram membros da Pastoral Familiar na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Ele era coordenador do Terço dos Homens. O casal completou 45 anos de união no dia 22 de março, e na neste ano data ambos já haviam contraído o vírus, e lutavam pela vida no hospital de Ariquemes.

A morte do casal pioneiro José Carlos e Vânia é uma grande perca para a sociedade de Ouro Preto do Oeste e região. Ele à frente da Macop nas décadas 80 e 90, e depois em trabalho em outra empresa na cidade, e a professora ensinou desde quando o Educandário Curumim – adquirido pela faculdade Uneouro – funcionava na Avenida XV de Novembro, em salas ao lado do prédio da Associação Vida Nova.

Casal faleceu em intervalo de uma semana vítimas da covid-19. José Carlos e Vânia foi referência de família, de união e de incentivo à formação histórica religiosa em Ouro Preto do Oeste.

   

Professora Vânia dava aulas de Ciências no Colégio Uneouro para alunos do 6º ao 9º ano, de Biologia para alunos do Ensino Médio e na faculdade Uneouro ela ensinava a acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Engenharia Civil Ambiental, Farmácia, Administração, Contábeis, Psicologia, Pedagogia. Vânia também era professora de música, área em que ele sempre buscava a evolução.    

O casal contraiu o vírus na segunda metade de março, quando simultaneamente apresentaram o sintoma da doença e foram encaminhados para Ariquemes.

O casal de filhos de José Carlos e Vânia estão em Ariquemes e ainda hoje a Pastoral Familiar da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida deverá divulgar mais informações sobre o sepultamento da professora Vânia.

A editoria do site Correio Central, expressa em nome de leitores e parceiros, o sentimento de dor e tristeza pelo falecimento da professora Vânia e também de seu marido José Carlos. ao longo dos anos, o casal sempre foi referência de família, de união e de incentivo à formação histórica religiosa. 

A palavra de Jesus nos conforta e consola: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá. “ (João 11,25-26”.

  

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br