Correio Central
Voltar Notícia publicada em 14/06/2017

Por causa dos feriados, em Ouro Preto do Oeste a campanha de vacinação contra a gripe termina hoje nos postos

Até segunda-feira, 5.346 pessoas já tinham se vacinado, sendo 2.717 idosos, 1573 crianças e 329 grávidas e ainda restam doses até esta quarta-feira

Cidadãos ouro-pretense-do-oeste, de qualquer idade, que ainda não tomaram a vacina contra a gripe (Influenza) tem até esta quarta-feira (14) para se imunizar, e para isto basta procurar o Centro de Saúde mais próximo, ou os postos de saúde localizados nos setores da cidade.

A 19ª campanha nacional de vacinação contra a Influenza que teve início há 90 dias seguiria até sexta-feira, mas em razão do feriado de dois dias, foi antecipada para hoje, informou a enfermeira Diana de Araújo Dantas, coordenadora da campanha de imunização na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, e responsável pelo Departamento de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU)

Até o final do dia da última segunda-feira (12), 5.346 pessoas de todas as idades haviam se vacinado, perfazendo um total de 74,3% da meta a ser atingida que é vacinar 7.221, de crianças a idosos, que é 90% do público alto. “Fizemos o que foi possível para conseguir a meta, mas existe algumas resistências, como casos de mães que disseram que não iam vacinar.

De acordo com Diana, toda a estrutura da Secretaria de Saúde foi mobilizada, além dos agentes comunitários de saúde (ACS), foram realizadas campanhas em igrejas, nos bairros e a expectativa é que até o final do dia a meta possa ser atingida.    

Do grupo prioritário da população de idosos, público alvo da campanha, foram enviadas para a Rede Básica 3.327 vacinas, e houve o comparecimento de 2.717, perfazendo uma média de 81,67% da meta.

Até a segunda, 1573 crianças, que são o segundo maior grupo, foram levadas aos postos para tomar vacina, sendo 58.2% de 2711 existentes no município.

Das 506 grávidas que fazem pré-natal na Rede Básica de Saúde, que inclui os centros e postos de saúde da cidade, previstas para vacinar, 329 delas havia comparecido, atingindo 65,2% do total.

Também compareceram para tomar vacina 50 das 87 mulheres do grupo prioritário clinicamente chamado de Puérperas, que são mães recentes da fase pós-parto. Da parte dos servidores da saúde, houve o comparecimento de 507 (85,35%) dos 594 que são aguardados.

Dados do Ministério da Saúde (MS), revelam que em 2016 2,2 mil brasileiros morreram por problemas relacionados à gripe, e o vírus H1N1 foi o responsável por 90% desses óbitos.