Correio Central
Voltar Notícia publicada em 24/09/2018

Que tiro foi esse: padre quer mesmos direitos de Fátima Bernardes

Padre disse não ver problema nenhum em se tirar foto fazendo gesto de arma com o dedo, como na campanha de Jair Bolsonaro.

Armado - Polêmica nas redes sociais parece animar o padre Marcelo Tenório. Depois de ser notícia no Campo Grande News, por defender o uso de armas, ele voltou ainda mais inspirado às postagens no fim de semana, usando foto de religioso com arma de mira telescópica e se comparando à Fátima Bernardes.

Mão em riste - Sobre a reportagem, o padre postou: “Parabenizo a fidelidade com que transcreveu o que lhe transmiti, por celular. Todavia é necessário esclarecer alguns pontos”,  reforçando não ver problema nenhum em se tirar foto fazendo gesto de arma com o dedo, como na campanha de Jair Bolsonaro.

Estrelas - Apesar de padre não ser artista, ele citou, inclusive atitude semelhante entre globais. “Aliás há foto até dos globais, incluindo Fátima Bernardes, na mesma posição em seu programa, com direito a dança e tudo”, justificou, sobre o dia em que apresentadora dançou “Que tiro foi esse”.

Autor: ângela Kempfer

Fonte: Campo Grande News