Correio Central
Voltar Notícia publicada em 19/06/2018

VEJA VÍDEO: Em Ouro Preto, ladrão leva carreira de duas frentistas de um posto após furtar um celular

No vídeo, as garotas dão uma carreira no malaco, depois ele é que volta correndo atrás delas, mas pega a bike e foge.

Na noite do último sábado (16), na cidade de Ouro Preto do Oeste um homem tentou furtar o aparelho celular de uma funcionária de um posto de combustíveis no Bairro Liberdade no momento que a conveniência do estabelecimento estava fechando, mas ele não contava com a reação das funcionárias e acabou levando uma carreira, e só voltou porque deixou sua bicicleta para trás.

O autor da tentativa de furto também deixou sua identificação em imagem filmadas por uma câmera de monitoramento do posto, e se não arranjar um emprego e achar que a vida de praticar pequenos delitos pela cidade compensa, logo vai cair nas mãos da polícia.       

O indivíduo se posicionou numa janela pequena com grade ao lado da entrada da conveniência que já estava com a porta fechada, pediu uma carteira de cigarro e uma das atendentes colocou o cigarro ao alcance dele. Então, ele despistou que não queria aquela carteira e pediu de outra marca que não tinha no mostruário.

Ao ouvir da funcionária que não tinha do cigarro da marca Hollywood que havia pedido, o elemento mudou a conversa e teria dito “há não tem? Então eu vou levar este celular mesmo” e, em ato contínuo, enfiou rapidamente o braço dentro da conveniência, se apossou do aparelho celular e saiu correndo para a bicicleta.

As duas funcionárias do posto não se intimidaram e saíram para fora correndo atrás do elemento e o cercaram. O ladrão atrapalhado correu para onde estava a bicicleta com o celular na mão e as garotas partiram atrás dele.

Ele então jogou a bicicleta e o celular no chão e saiu correndo pela rua e as garotas correram atrás gritando pega ladrão! De repente, o ladrão parou insinuando que ia reagir e se voltou para as funcionárias, momento em que foi a vez de elas correrem de volta para o posto.

O cara de pau correu foi sentido a bicicleta, fugiu do local e na correria deixou cair R$ 2,00 em moedas.  

Se ainda houvesse dinheiro no caixa possivelmente a atitude do elemento seria a de querer furtá-lo, e como ele viu que não havia tentou levar o celular da funcionária. “A gente tinha terminado de fechar o caixa e a gente já tinha recolhido o dinheiro, eu estava com quatorze reais na mão. Meu telefone estava perto de mim no balcão, ele chegou e pediu um cigarro”, contou.

Fonte: www.correiocentral.com.br