Correio Central
Voltar Notícia publicada em 10/06/2017

Urgente: motociclista atropela e mata pedestre em Ouro Preto do Oeste, na Avenida Jorge Teixeira

Rivaldo Oliveira, 48 anos, foi atingido pela moto conduzida por Cleuton Pardinho, 22, e morreu antes de chegar ao Hospital Municipal

Um homem de 48 anos morreu vítima de acidente de trânsito na manhã deste sábado (10) em Ouro Preto do Oeste, após ser atropelado por um motociclista no Bairro Novo Estrado, à Avenida Jorge Teixeira; a vítima que seguia na calçada foi arrastada por mais de 15 metros na pista de asfalto e seu corpo foi parar na esquina com a rua Roraima, seminu.

A vítima do acidente Rivaldo de Oliveira, que residia na rua Presidente Médici, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros mas já chegou ao Hospital Municipal Dra. Laura Maria Braga sem vida.

O condutor da motocicleta, Cleuton Soares Pardinho, de 22 anos, que mor ana rua Santa Catarina, no mesmo bairro, conduzia a moto Yamaha YBR placa NCB-8741, de cor azul, foi detido pela guarnição da Polícia Militar composta dos PMs Gomes e Isac e conduzido para a Central de Flagrantes, para ser notificado por acidente com homicídio culposo e será apresentado na Unisp – Unidade integrada de Segurança Pública.

No local do acidente há uma poça de sangue, e segundo o médico plantonista Wesley Hoffmann, com o impacto no chão, Rivaldo provavelmente sofreu fratura de base de crânio e quebraduras em uma das pernas.

O chinelo da vítima e um cigarro artesanal feito com papel de caderno ficaram no chão onde a vítima atingida pela moto e na esquina com a rua Roraima. Populares que presenciaram o acidente mostraram o local onde Rivaldo caminhava e foi atingido pela motocicleta.

Cleuton disse para a reportagem que ele descia a avenida e o pedestre teria entrado na pista e na frente de seu veículo, e ambos foram arrastados até caírem ao chão.

O acidente desta manhã, é o sexto com vítima fatal em Ouro Preto do Oeste em 2017. 

POPULAR MOSTRA LOCAL ONDE A VÍTIMA FOI ATINGIDA PELA MOTOCICLETA 

MOTOCICLETA CONDUZIDA POR CLEUTON FOI GUARDADA EM UMA RESIDÊNCIA PRÓXIMA AO LOCAL 

Fonte: www.correiocentral.com.br