Correio Central
Voltar Notícia publicada em 23/05/2018

PMs de Rondônia em 90 dias passam a usar câmeras de vídeo na lapela do uniforme, anuncia governador Daniel Pereira

Governo está adquirido câmeras, recurso de R$ 7 milhões foram doados pelo Ministério Público de Rondônia.

Daqui a 90 dias nenhum policial Militar não vai mais usar caneta e papel para anotar nada. Ele vai anotar tudo em equipamento eletrônico.

A novidade foi divulgada pelo governador Daniel Pereira (PSB) na tarde desta terça-feira (22) em Ouro Preto do Oeste, ele adiantou que Rondônia é o segundo Estado da Federação aonde os policiais militares vão trabalhar com uma câmera de tecnologia alemã na lapela, para o registro em áudio e vídeo das ações policiais.

O recurso para a aquisição dos equipamentos, no valor de R$ 7 milhões, foram conquistados a título de doação do Ministério Público do Estado de Rondônia (MPE/RO), de um fundo próprio. Desse valor, o governo já recebeu R$ 5 milhões e o restante nos próximos dias.    

Sobre o uso do equipamento de gravação pelos PMs, o governador citou como exemplo que, toda vez que o policiai for fazer uma ocorrência a operação será registrada; ele lembrou que atualmente é até desumano o agente de segurança no seu dia de folga ter de ficar dando depoimentos para a Justiça de sua ação, e quando essa convocação para depoimento ocorre 2 a 3 anos depois, é humanamente impossível o policial se lembrar com exatidão dos fatos.

Essa ocorrência, ela vai servir de prova perante o juiz. Hoje, o nosso pessoal perde um tempo enorme. A nossa Polícia Militar é a segunda do Brasil que vai trabalhar com essa ferramenta, vai ser tudo gravado, nós vamos proteger os bons policiais e nós vamos proteger o bom cidadão, argumentou.       

No entendimento do governador, contraventores da lei geralmente se valem da ausência de provas, e a primeira estratégia que usa na frente do juiz por exemplo, numa Audiência de Custódia, é dizer que ele apanhou. “Está havendo uma inversão de valores.  Quem deveria ser punido está sendo protegido e quem deveria ser protegido está sendo punido”, defende o governador.

O governador salientou que existe situações em que, às vezes, há a possibilidade de a palavra de um delinquente valer mais do que a de um agente público, e com a câmera acaba-se com esse tipo de dúvida. “Agora, aquele policial que gosta de chegar ‘chegando’ vai ter que ir mais devagar. Então, todo mundo vai ganhar com este tipo de procedimento, e nós estamos adotando tecnologias que os nossos amigos alemães, ingleses, franceses e países do primeiro mundo utilizam”, valoriza o governador Daniel Pereira.

Daniel Pereira esteve em Ouro Preto do Oeste com a primeira-dama Ester Lacerda, o prefeito Vagno Panisoly, deputado estadual Marcelino Tenório, Embaixador da Alemanha no Brasil de Brasília (DF) Dr. Georg Witschel e o comandante-Geral da Polícia Militar Mauro Ronaldo Flores Correia, para a inauguração do Posto de Identificação de emissão de RG feito a partir de agora pela Municipalidade.

O governador também anunciou reforço com efetivo civil para a segurança pública. “Nós contratamos 200 e vamos puxar mais 300 jovens de 18 a 23 anos para fazer serviço administrativo na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros para que os policiais que foram treinados na missão de segurança vão cumprir a sua função”, finalizou. Autor: Edmilson Rodrigues

GOVERNADOR TROUXE O EMBAIXADOR DA ALEMANHA A OURO PRETO NA INAUGURAÇÃO DO PI DE EMISSÃO DE RG, E FOI RECEPCIONADO PELAS AUTORIDADES LOCAIS. 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br