Correio Central
Voltar Notícia publicada em 27/02/2017

Ouro Preto: GOE prende homens com droga, arma, e nove facões em formato de espadas perto de área de conflito agrário

Polícia acredita que a dupla de Ji-Paraná estava levando para Rondominas arma e os facões para possíveis conflitos nas áreas de invasão

Patrulha do Grupo de Operações Especiais (GOE) que realiza diligências nas áreas de conflito agrário na região de Ouro Preto do Oeste surpreendeu na manhã de domingo na Linha 204, de acesso ao distrito de Rondominas, dois homens em uma motocicleta (CG 160 FAN ESDI, placa OHU-7645) com uma carretinha acoplada, transportando vários alimentos e mantimentos, uma arma de fogo, nove facões artesanais em formato de espadas, um tubo de pólvoras, dois rádios de comunicação, além de uma quantidade de maconha.

Identificados como Ozeias Pereira de Oliveira, 30 anos, que reside em Ji-Paraná, no Bairro Urupá, e Denivalter Borges do Nascimento, de 41 anos, com endereço à rua Nereu Ramos, a dupla foi conduzida para a Delegacia Civil de Ouro Preto d’Oeste e flagranteados pelo delegado Julio Cesar de Souza Ferreira por porte ilegal de arma de fogo, tipo revólver calibre 32, marca Taurus, por posse de entorpecente.

Denivalter saiu recentemente do presídio onde cumpriu 10 anos de prisão por tráfico de drogas, e Ozeias Pereira tem passagem por furto e por tráfico.

De acordo com informações do cabo PM Bernardo, comandante da viatura do GOE com os soldados Nascimento, Jean Carlos e Coltro, em patrulhamento nas proximidades de áreas de terra invadidas na região de conflitos agrários do distrito de Rondominas com Ji-Paraná, eles avistaram a dupla e foi dado ordem de parada, e que ambos colocassem as mãos na cabeça, momento em que Dernivalter colocou a mão na cintura e jogou a arma no mato à margem da estrada. “Na missão de patrulhamento rural na linha 204 foi avistado os dois elementos suspeitos em uma motocicleta, e quando receberam voz de parada um deles desfez de uma arma calibre 32, e ao ser revistado foi encontrado um grande invólucro de substância entorpecente”, narrou o militar.

Cabo Bernardo acredita que a dupla estava a serviço de alguns dos movimentos de sem terra que agem nas linhas 202 e 205, em ocupações de fazendas. “Ao ser revistado a carretinha que estava na moto foi encontrado várias facas tipo artesanais bem agressivas, e possivelmente são sem terra se armando para possível ataque, até mesmo às forças de segurança”, comentou.

O comandante da patrulha destacou que o GOE está realizando um serviço de transparência para balancear um pouco essa guerra entre sem terras por disputa por locais de invasão, evitando assim que um mal maior, e possíveis homicídios, venham a ocorrer. Na última semana, a guarnição itinerante do GOE apreendeu na região de Mirante da Serra, do outro lado da BR-364, dois revólveres de posse de lideres de ocupações na Fazenda Boi Oitenta, localizada na Linha 76.

A ARMA, FACÕES E OS APARELHOS ESTAVAM ESCONDIDO DENTRO DA CARRETINHA DA MOTO

Fonte: Por Edmilson Rodrigues