Correio Central
Voltar Notícia publicada em 21/04/2017

NOITE VIOLENTA: Ouro Preto registra quatro roubos à mão armada, três tentativas e duas tentativas de homicídio

A PM não conseguiu atender todas as ocorrências ao mesmo tempo e vítimas de roubos foram orientadas a ir à Delegacia

EDMILSON RODRIGUES - A cidade de Ouro Preto do Oeste esteve agitada na madrugada desta sexta-feira (21), do feriado do Dia de Tiradentes, o patrono da Polícia Militar.

A reportagem apurou com a Central de Operações da 3ª CIA/PO/OPO, que atende chamadas pelo telefone 190, que houve quatro roubos à mão armada, três tentativas de roubos que foram praticados por uma dupla de ladrões que estavam em uma motocicleta Honda Titan, de cor preta, e um roubo de veículo.

Como estava em andamento uma ocorrência de tentativa de homicídio no Jardim Novo Estado, e uma de acidente de trânsito, o militar que fica na corporação teve que orientar as vítimas a procurarem a Delegacia Civil. “Eram tantas pessoas ligando ao mesmo tempo que a gente pediu que eles fossem à delegacia naquele momento, ou na parte da manhã de sexta-feira”, narrou o policial militar responsável pela Central de Operações nesta madrugada.

O alvo dos criminosos era os aparelhos celulares e dinheiro em espécie que as vítimas geralmente carregam. Os locais onde ocorreram os roubos a PM não soube precisar porque as vítimas ainda não registraram o boletim de ocorrência.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Um homem de 32 anos de idade, que reside n rua Eça de Queiroz, no Jardim Aeroporto, e o amigo dele, de 40 anos, que mora na Avenida Daniel Comboni, ao lado de uma livraria, sofreram tentativa de homicídio na madrugada desta sexta-feira, após saírem de um bar localizado na Avenida Jorge Teixeira, no Jardim Novo Estado, onde tiveram uma desinteligência com quatro homens, os prováveis autores do crime tentado.

Os elementos que tentaram contra a vida da dupla, ainda roubaram um veículo Fiat Palio (placa NCJ-8008) de cor branca para fugir, e o carro foi recuperado pela Polícia Militar próximo a uma ponte na rua Albert Sabin.

 A vítima, de iniciais A.F.S, foi atingido com um golpe de faca nas costas, e G.V.S. ficou com um corte na canela, de uma ripada que levou. Duas viaturas da Polícia Militar compareceram ao local, e acionaram a equipe de socorristas do Corpo de Bombeiros para socorrer o homem esfaqueado ao Hospital Municipal Dra Laura Maria Carvalho Braga.

Segundo declarações da primeira vítima, ele e o colega saíram do Bar Dois Irmãos com destino a suas casas, e os quatro indivíduos teriam seguido eles para tentar matá-lo um acerto de contas.

A segunda vítima, disse que o que teria motivado as agressões foi o fato de ele ter, há uma semana, iniciado uma investigação por conta própria contra um dos autores das agressões (o apelido consta na ocorrência) que teria se apropriado de uma moto XLR de cor vermelha e trocado o veículo por drogas numa boca de fumo, e forneceu aos PMs o endereço do local.

Os Pms que atenderam a ocorrência relataram no Bop o que disse a vítima: “Eu comecei a investigar e colocar pra cima pra pegar minha motocicleta, e os caras da boca do beco estão ‘peidado’ comigo, e fizeram isso comigo”.

Com base nessas informações, os militares saíram e diligência e localizaram o veículo abandonado, e ao vasculharem no interior do carro localizaram as duas facas utilizadas na tentativa de homicídio, e um celular. O guincho da 7ª Ciretran foi acionado e o carro foi levado para o pátio da Delegacia Civil.    

As operações acima narradas nesta reportagem tiveram a participação dos soldados PM Nilzon e Maciel (CPL 6969) e o apoio de outra viatura comandada pelo cabo PM Adecesar e PM Gueirras.

PM LOCALIZOU O PALIO NA RUA ALBERT SABIN, PRÓXIMO A UMA PONTE VELHA

 

  

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues