Correio Central
Voltar Notícia publicada em 11/03/2019

Laticínio sofre sabotagem, soda cáustica é jogada dentro do tanque do motor de 4 caminhões e um estacionário

Alguém jogou soda cáustica dentro do motor de dois caminhões grandes, dois veículos ¾ e de um motor estacionário do Laticínio Vitalli.

O Laticínio Vitalli, localizado na cidade de Teixeirópolis, sofreu uma sabotagem em quatro de seus veículos de transporte de leite e de soro, alguém cometeu um ato criminoso jogando soda cáustica no tanque de combustível de dois caminhões com tanque isotérmico, de duas caminhonetes ¾, modelos F-4.000, e no tanque de um motor estacionário da marca Cummins. 

Segundo a denúncia, registrada pela direção da empresa na Delegacia de Polícia em Ouro Preto do Oeste, com natureza de “Atentado Contra a Liberdade de Trabalho”, a ação criminosa foi verificada na tarde do dia 4 de fevereiro.

Após a sabotagem, os veículos e o motor estacionário foram levados para reparo em oficinas, até hoje a empresa mantém funcionando parcialmente a logística de transporte de leite e de soro, ampliando o prejuízo causado pelo ato criminoso.

A Polícia Civil está investigando para tentar identificar quem praticou a ação criminosa. O delegado Niki Alves Locatelli afirmou que um inquérito policial vai apurar a denúncia, e que esses fatos podem caracterizar o crime de sabotagem, no artigo 202 do Código Penal, e pode dar pena de até três anos de prisão.

“Eles não indicaram nenhum suspeito, mas a polícia vai apurar com bastante rigor porque é um crime grave que pode até inviabilizar o trabalho da empresa. Então, é um crime grave não em razão do tamanho da pena, mas pelo que pode afetar a população já que (a empresa) emprega muita gente”, declarou o delegado.

A reportagem apurou com uma fonte que a sabotagem praticada contra o Laticínio Vitalli, somente no reparo de bombas injetoras e das primeiras peças gerou prejuízos próximo a R$ 30 mil.

 

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br