Correio Central
Voltar Notícia publicada em 30/06/2017

Jovem que matou mulher em Mirante da Serra a golpes de facão é ladrão conhecido de Alvorada do Oeste

Leandro, 19 anos, vulgo Ratinho, é apenado de Alvorada do Oeste, arrancou a tornozeleira mês passado e foi para Mirante da Serra

A Polícia Civil apresentou na tarde desta sexta-feira (30) Leandro Benedito Carlos da Silva, 19 anos, vulgo “Ratinho”, apenado do regime aberto da comarca de Alvorada do Oeste, autor do bárbaro homicídio praticado na última madrugada em Mirante da Serra, que ceifou a vida de Maria Tereza Gomes Felício, de 44 anos, usuária de drogas que era conhecida por “Maria banguela”.

Leandro matou Maria a golpes de facão numa casa da rua Marechal Rondon, no Setor II, depois foi para a casa de sua mãe, que reside em Mirante da Serra e foi dormir com parte das vestes e do corpo ensanguentados, e foi preso com a mesma roupa por um agente da Polícia Civil de Mirante da Serra. Ele negou o crime, mas tinha em sua posse um anel e o celular da vítima estava debaixo da cama que ele dormia.

O assassino responde a três inquéritos por roubo, estava preso no regime semiaberto do presídio de Alvorada do Oeste, ganhou liberdade vigiada de monitorado por tornozeleira eletrônica, mas no dia 23 de maio cortou a pulseira do pé e seguiu para Mirante da Serra, e esta madrugada cometeu o crime na residência de Marcelo Silva Ribeiro, 46 anos.  

O delegado Julio Cezar de Souza Ferreira se deslocou a Mirante da Serra para tomar o depoimento de Leandro, e na parte da tarde trouxe o criminoso para ser flagranteado, e depois encaminhado para a Casa de Detenção.

A polícia apurou que na noite da última quinta-feira Maria Tereza estava na companhia de Edite dos Reis, 37 anos, em um bar que vende espetinho, momento em que Leandro surgiu, chamou a vítima para ir embora com ele e ainda a ameaçou de morte caso ela não fosse.

Leandro saiu e retornou pouco tempo depois, retornou, disse a Maria que gostava dela, a beijou na boca, e mostrou-lhe um embrulho dizendo que tinha o que ela queria.

Maria então disse a Edite que ia para a casa de Marcelo com Leandro, e sua amiga disse que Marcelo ia dormir na casa dela. Pela manhã, por volta de 7h15, Edite e Marcelo encontraram Maria morta, envolta em uma poça de sangue, na cozinha da casa.

Foto de Maria Tereza: mirantevip.com.br

 

 

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br