Correio Central
Voltar Notícia publicada em 08/10/2018

Homem de 58 anos morre em acidente na RO-473 ao bater de moto em caminhão leiteiro

Adão de Aquino Masceno morreu no local, o caminhão e a moto tem placa de Alvorada do Oeste

Na região rural de Ouro Preto do Oeste, um homem de 58 anos morreu em um grave acidente na tarde desta segunda-feira (8), em uma batida envolvendo um caminhão com tanque granel de transporte de leite in-natura e uma motocicleta Honda Titan de cor preta, os dois veículos tem placa do município de Alvorada do oeste.

A colisão frontal entre os veículos ocorreu por volta de 17hs no início da curva da RO-473 (Linha 31), localizada pouco depois da ponte sobre o Rio Boa Vista, no sentido a Teixeirópolis.

O condutor da motocicleta (placa NCQ-0634) Adão de Aquino Masceno, que seguia no sentido de Teixeirópolis e Urupá, bateu de frente com o caminhão e no tanque do veículo, foi jogado da moto na pista da rodovia estadual e morreu no local, e a motocicleta que ele conduzia foi arrastada pelo caminhão coletor de leite que vinha no sentido a BR-364.

O veículo pesado passou direto na curva, fez um rastro pelas pastagens, arrebentou a cerca que havia pelo caminho e só parou dentro da propriedade rural com parte do para-choque do lado do motorista e a roda destruídos.

O motorista do caminhão Volks placa PEK-1442, de Alvorada do Oeste, não foi identificado porque evadiu-se do local do acidente antes da chegada da PM. A motocicleta ficou com a parte frontal e o tanque completamente destruídos.

Caminhão desgovernado invadiu a propriedade rural e só parou nas pastagens

A guarnição da Polícia Militar composta do cabo PM Nilzon e soldado Wesley chegaram ao local do acidente, e monitoraram o trânsito até a chegada da equipe de plantão de Ji-Paraná da Polícia Técnico-Científica (Politec) da Polícia Civil.

O corpo de Adão de Aquino foi liberado e retirado da pista após o trabalho dos peritos e encaminhado para Ouro Preto do Oeste pela equipe da funerária da Associação Vida Nova.

     

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br