Correio Central
Voltar Notícia publicada em 12/04/2019

Em Jaru, homem foge de viatura e dispara várias vezes contra Policial Militar

Os tiros contra o PM foram efetuados nesta madrugada no Jardim Europa, ele se esquivou e revidou a injusta agressão. O suspeito fugiu.

Um policial militar de uma guarnição Alfa da 1ª Companhia de Policiamento Ostensivo por pouco não é atingido por vários disparos na madrugada desta sexta-feira (12), os tiros foram efetuados por um indivíduo que fugiu de uma abordagem policial no Residencial Jardim Europa.

Após solicitação à Central de Operações (190) da corporação, as guarnições Alfa, composta por dois soldados e a Bravo, com três militares, se deslocaram até o Residencial Jardim Europa, onde estaria ocorrendo uma briga no meio da rua.

Chegando ao local a guarnição Alfa transitava pela linha 627, esquina com a rua Suécia, momento em que os militares se depararam com três elementos sentados à margem da rua, sendo que um deles ao avistar a viatura se evadiu correndo a pé entre as casas, que não tem muros nem cercas, em direção a entrada do residencial.

Os militares realizaram um cerco no intuito de capturar o infrator, e no momento das buscas, um outro elemento que estava no local com um veículo Golf, de cor prata, se evadiu tomando rumo ignorado.

O suspeito entrou em uma área matagal e sem iluminação. Após alguns minutos de buscas, um dos soldados que fazia buscas atrás de casas localizadas na segunda rua do loteamento se deparou com o infrator escondido atrás de um pé de manga.

Ao ser dado ordem para que o suspeito saísse com as mãos na cabeça, a ordem foi desobedecida, e o elemento sacou de uma arma e começou a efetuar vários disparos de arma de fogo em direção ao policial, que revidou a injusta agressão.

O infrator após cessar os disparos tomou novamente rumo ignorado. As guarnições pediram então apoio a central de operações, que acionou policiais de folga e compareceu ao local uma equipe do PATAMO, e mais uma equipe do Núcleo de Inteligência (NI) da 1ª Cia.  

Após uma varredura nas imediações da fuga, os militares retornaram ao local de início da fuga, e conseguiram localizar Valdeir Messias Souza, um dos envolvidos na suposta briga, e ele informou que o infrator que se evadiu se trata de Leonor Barbosa dos Santos, e disse que não sabia que o mesmo estava armado.

Através do nome, o NI buscou qualificações do acusado, e com base em fotos um dos soldados reconheceu com absoluta certeza que se tratava de Leonor que havia fugido ao avistar a guarnição. O soldado que quase é atingido no atentado também reconheceu, com absoluta certeza, que o autor dos disparos contra a sua integridade se tratava de Leonor.

Diante dos fatos, Valdeir foi conduzido a UNISP e apresentado ao comissário de plantão. Na DP, foi registrada contra Leonor Barbosa dos Santos uma ocorrência de tentativa de homicídio.

Fonte: www.correiocentral.com.br