Correio Central
Voltar Notícia publicada em 14/06/2017

Dono da caminhonete que invadiu praça do Jardim Aeroporto se apresenta na DP e culpa um cachorro pelo acidente

Vendedor de cosméticos deu a versão de que foi desviar de um animal, perdeu o controle e foi parar dentro da praça do Jardim Aeroporto

Já se encontra no pátio da Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) de Ouro Preto do Oeste a caminhonete Toyota HiLux de cor branca, placa PHF-2040/OPO, que na madrugada do último domingo (11), por volta de 4hs, invadiu a praça de entrada do Jardim Aeroporto, cruzou a pista contrária da Avenida Gonçalves Dias e derrubar uma árvore do canteiro.

Jailson Pereira Cantão, 46 anos, que mora no Residencial Colina Park, se apresentou na manhã da última segunda-feira acompanhado de uma advogada, e entregou a caminhonete que causou o prejuízo ao patrimônio público, que está bem danificada e com a frente e as portas bastante avariadas.

O dono do veículo declarou na DP que conduzia a caminhonete e perdeu o controle quando um cachorro passou em sua frente, muito próximo, e que para evitar o atropelamento desviou do animal, mas perdeu o controle do mesmo adentrando na praça causando danos materiais em dois ou três tocos de madeira, quebrou duas réguas de madeira e destruiu o banco que foi atingido pela frente do veículo.

Um morador de uma residência localizada de frente para a praça, e com a visão privilegiada do logradouro público, filmou o momento que a caminhonete seguiu por dentro da praça e saiu do outro lado, na via marginal, e o vídeo circulou exaustivamente em grupos de WhatsApp, gerando vários comentários e hipóteses para o motivo do acidente.  

De acordo com o delegado Júlio Cesar de Souza Ferreira, assim que ocorreu o acidente a polícia civil iniciou investigação, mesmo sem o registro de ocorrência por parte da prefeitura, na segunda-feira o endereço do proprietário e a caminhonete foram identificados, e ele resolveu se apresentar espontaneamente à Delegacia. “Foi colhido o depoimento dele, e na oportunidade que o encontramos ele alegou que foi desviar de um animal, ele não fala que estava embriagado ou que foi doloso”, relatou.  

O prefeito Vagno Panisoly, que na madrugada de domingo havia acabado de acordar, e ouviu o barulho do impacto do veículo e compareceu ao local do acidente assim que o condutor foi embora do local, informou para a reportagem que a prefeitura vai exigir o ressarcimento do prejuízo causado na praça do bairro Aeroporto, e que o Departamento Jurídico já está trabalhando nesse sentido.

PREFEITO DISSE QUE A ADMNISTRAÇÃO QUER RECEBER PELOS DANOS CAUSDOS À PRAÇA

CAMINHONETE FOI RECOLHIDA AO PÁTIO DA DELEGACI DE POLÍCIA DE OURO PRETO

 

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues