Correio Central
Voltar Notícia publicada em 03/07/2019

Briga do CV e PCC em Ouro Preto do Oeste termina com dois mortos e um baleado

Morreram um menor que seria de Cabixi, um indivíduo de Vilhena e Diego Ascacibas de Ouro Preto foi baleado e levado para o HEURO em estado grave.

EDMILSON RODRIGUES - Quatro indivíduos em um veículo VW Golf cinza placa NED-0432, de Vilhena, que seriam da facção PCC e vieram a Ouro Preto do Oeste na noite desta terça-feira (2) para vingar a morte de Ligiane Rodrigues da Silva, assassinada na noite da última segunda-feira, balearam um jovem de 18 anos no Jardim Novo Estado que seria membro do Comando Vermelho (CV), e em seguida fugiram sentido a BR-364.

Um indivíduo ainda não identificado e o menor Victor Gabriel de Paula Schneider, 16 anos, de Cabixi, morreram durante perseguição policial na BR-364 e a vítima de Ouro Preto do Oeste Diego Pedro Ascacibas, vulgo “gordinho”, de 18 anos, foi levado ao Hospital Municipal, e depois encaminhado em estado grave para o HEURO de Cacoal.

As Polícias Civil e Militar tinham a informação de que membros de uma facção viriam para Ouro Preto do Oeste, e após a tentativa de homicídio militares de Ouro Preto do Oeste e de Ji-Paraná fizeram o cerco ao veículo com os quatro ocupantes Matias Nicho Vieira, 29 anos, de Colorado do Oeste, Guilherme de Melo Moraes, 19 anos, de Vilhena, mais o terceiro não identificado e o menor, de Cabixi, que morreram no capotamento.

Segundo dois boletins de ocorrência lavrados em Ouro Preto do Oeste e Ji-Paraná, as viaturas localizaram o veículo sentido a Ji-Paraná, deram voz de parada e um dos indivíduos que estava na parte de trás tirou um dos braços para fora com uma arma em punho e atirou, tendo os policiais revidado e o veículo capotado.

Dentro do veículo, os policiais recolheram dois revólveres calibre 38. Na Delegacia Civil, Guilherme disse que quem atirou em gordinho foi um dos ocupantes do banco de trás e Matias afirmou que ele apenas dirigiu o veículo, e atribuíram a culpa pela tentativa de homicídio aos dois mortos.

As duas facções travam uma disputa na Região central de Rondônia. No ano passado, um jovem que seria membro do PCC foi assassinado em Mirante da Serra e o homicídio foi gravado e postado nas redes sociais. Os autores do homicídio foram presos e a polícia indicou Ravelli Luiz Silva, que residia em Ouro Preto como o líder do CV que ordenou a execução.

Segunda-feira, foi registrado o assassinato de Ligiane Rodrigues da Silva, 34 anos, no Jardim Novo Estado. segundo os investigadores que monitoravam os passos dos criminosos, Diego gordinho teria sido apontado como o responsável pela morte de Ligiane que era de Ji-Paraná e veio recentemente para Ouro Preto do Oeste.

Segundo informações de investigadores da polícia local, o objetivo do grupo que veio a Ouro Preto do Oeste era o de praticar um ataque apenas contra gordinho, como também a demais supostos integrantes da facção Comando Vermelho.

Matias e Guilherme estão presos na Delegacia Civil de Ouro Preto do Oeste

Diego Ascacibas, o Gordinho, foi encaminhado para o HEURO em estado grave

Veículo em fuga ficou furado de balas na porta do ladodo motorista que sobreviveu

A MORTE DE LIGIANE OLIVEIRA, ASSASSINADA NA SEGUNDA-FEIRA, SERIA O MOTIVO DA VINDA DO QUARTETO DA FACÇÃO PCC PARA VINGAR O CRIME CONTRA MEMBROS DO COMANDO VERMELHO.

Fonte: www.correiocentral.com.br