Correio Central
Voltar Notícia publicada em 29/06/2018

Acidente na BR 364 entre Ouro Preto e Jaru resulta em uma morte; pista está fechada e vítima era de Costa Marques

Motorista da F.4000 carregada de coco perdeu o controle dos freios e bateu na carreta carregada de álcool anidro.

Um acidente na BR-364 a 8 Km de Ouro Preto do Oeste, sentido a Jaru em frente à entrada do Kiss Motel, ocorrido pouco depois de 11h30 da manhã desta sexta-feira (29) num ponto de bloqueio da pista, envolvendo um caminhão tanque bitrem carregado com 52.000 litros de álcool anidro, e uma picape Ford F.4000 carregada de coco, resultou na morte do condutor do segundo veículo.

A reportagem do site Correio Central apurou que o motorista da F.4000, de placas AAO-2526-Porto Velho, é da região de Costa Marques. Ele seguia com um ajudante transportando uma carga de coco e mexerica para vender em Porto Velho, e não conseguiu parar atrás da carreta no ponto de bloqueio feito pela empresa que faz naquele trecho a recuperação da rodovia federal.

O carona identificado por João, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal de Ouro Preto, mas o seu estado de saúde não é grave, ele sofreu apenas escoriações e está internado em observação. O nome do motorista que morreu não foi divulgado, o corpo ainda está entre as ferragens.  

A carreta que seguia de Lucas do Rio Verde (MT) para Porto Velho estava parada no ponto da interdição, o motorista da F.4000 havia reduzido a velocidade quando viu as placas de alerta, mas não parou e bateu atrás. Provavelmente ele perdeu o controle de marchas e dos freios do veículo.

Edimilson Batista Gomes, condutor da carreta afirmou que apenas ouviu o barulho da batida, e ao conversar com o carona ele teria afirmado que o motorista perdeu o controle dos freios da F.4000.  

A pista está interditada para veículos de carga, o álcool continua vazando e o Corpo de Bombeiros faz o resfriamento no local para evitar uma explosão. A PRF abriu um desvio para motos e carros pequenos e monitora a pista.

Fila de veículos pesados e õnibus com aproximadamente 5 kms nos dois sentidos da BR-364 já se formaram e não há previsão de liberação da rodovia federal.

De acordo com o Capitão BM Moacyr de Paula Júnior, comandante do 2º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Ouro Preto, o trabalho de retirada do tanque que está vazando é delicado, e enquanto não vazar todo álcool não é possível fazer a remoção.

 

       

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues