Correio Central
Voltar Notícia publicada em 07/02/2018

Prefeito de Ouro Preto e secretário visitam Aterro Sanitário de Cacoal; Cooperativa local vai receber apoio

Lixo produzido em Ouro Preto vai ser transportado para Cacoal; prefeitura vai lançar campanha de Seleta Coletiva

O prefeito Vagno Gonçalves Barros “Panisoly” (PSDC), e o Secretário chefe de Gabinete do Governo Municipal Gilberto José da Silva, visitaram no último sábado o Aterro Sanitário da cidade de Cacoal, administrado pela empresa MFM Soluções Ambientais, para verificarem possíveis soluções a serem aplicadas na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, no que se refere à disposição dos resíduos sólidos depositados no lixão a céu aberto localizado na RO-470 – Linha 200.

Vagno Panisoly e Gilberto da Silva foram recebidos pelo Gestor Comercial da empresa Marcos Vitorino, que apresentou o Aterro Sanitário e levou as autoridades ouro-pretenses em todos os setores e as etapas do início no recebimento do lixo até a parte do processo, em que a água é devolvida para a natureza.

O Aterro Sanitário de Cacoal poderá ser o local para onde será enviado o lixo produzido em Ouro Preto do Oeste, a administração está fazendo as contas de quanto vai custar o transporte, e a reciclagem vai baratear os custos.

Vagno Panisoly tem dito que essa questão merece uma atenção especial da administração, não há mais prazo para adiar e o problema do lixo produzido na cidade precisa ser sanado o mais breve possível. “Nós temos que resolver esse problema do lixo que vem de muitos anos. Como estamos a mais de um ano aguardando as duas empresas que brigam na Justiça para administrar o Consórcio, vamos começar o básico que é organizar a coleta seletiva do lixo”, informou.

A prefeitura vai produzir panfletos com informações de conscientização e orientações à comunidade sobre separação de lixo para reciclagem. A campanha será desencadeada no meio escolar para que a ideia da coleta seletiva seja levada em todas as residências da cidade.

COOPERATIVA DE CATADORES

Na quinta-feira anterior a ida a Cacoal, dia 1º de fevereiro, o prefeito e o Diretor de Meio Ambiente Braz Paganini se reuniram com representantes da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Ouro Preto do Oeste para tratar da regularização dos trabalhadores. “Vamos disponibilizar um barracão para dar condições de trabalho para a associação e adquirir os equipamentos de proteção individual (epi) para que eles trabalhem dentro da legalidade”, relatou o prefeito.

DESTINO DO LIXO DE OURO PRETO DEVERÁ SER O ATERRO SANITÁRIO DE CACOAL

Fonte: www.correiocentral.com.br