Correio Central
Voltar Notícia publicada em 09/07/2019

Criança de 9 anos de Mirante da Serra morre no HM de Ouro Preto por bactéria pulmonar

Daniel Barela passou mal ao acordar no domingo, foi levado ao hospital de Mirante e encaminhado a Porto Velho, mas morreu no HM em Ouro Preto.

No último domingo (7) um menino de 9 anos de idade que residia no Assentamento Padre Ezequiel em Mirante da Serra e aparentava boa saúde, frequentava a escola e não tinha sintomas pulmonares passou mal ao acordar, o pai o levou a Unidade Mista da cidade para a criança ser diagnosticada e medicada.

Daniel Henrique de Souza Barela foi medicado, seu quadro clínico foi piorando e ele acabou morrendo no final do dia quando estava no Hospital Municipal de Ouro Preto do Oeste, antes de ser transferido para Porto Velho, ao Hospital Cosme e Damião.

O corpo de Daniel foi velado ontem na sua comunidade do Assentamento Padre Ezequiel e o sepultamento ocorreu às 15 horas. A criança era estudante do 3º ano C da Escola Municipal Arquimedes Fernandes, sua morte repentina causou comoção e tristeza no meio escolar.

De acordo com nota emitida pela Secretaria Municipal de Saúde de Mirante da Serra, Daniel deu entrada na Unidade Mista de Saúde no domingo apresentando quadro de náusea, vômitos e cefaleia, sintomas que, segundo familiares, a criança começou a sentir logo nas primeiras horas da manhã.

Ainda segundo a nota, durante a permanência do paciente na unidade, houve a piora do quadro clínico, com agitação e desconforto respiratório agudo. Foram prestados os primeiros atendimentos, com hidratação venosa e suporte ventilatório com oxigênio suplementar, e solicitados exames laboratoriais e de imagem, que evidenciaram quadro de infecção de provável origem bacteriana de foco pulmonar, com acometimento grave de ambos os pulmões.

Diante do agravamento do quadro de saúde de Daniel, a equipe de plantão da Unidade Mista entrou em contato com o sistema de regulação estadual para a transferência do paciente para UTI pediátrica, foi então regulado para a UTI do Hospital Cosme e Damião de Porto Velho. Enquanto ainda na unidade, Daniel Barela evoluiu para piora do quadro, sendo necessária sedação e entubação orotraqueal para transferência.

Durante o transporte houve piora do padrão respiratório, o menino então foi encaminhado ao Hospital Municipal de Ouro Preto do Oeste onde evoluiu com parada cardiorrespiratória, sem sucesso nas manobras de ressuscitação. No HM, o óbito da criança foi registrado às 17:57 do mesmo dia.

Daniel Barela havia perdido a mãe havia mais de dois anos que também teve uma morte repentina. Com a sua morte, restou na família o pai e um irmão menor.

Daniel Barela era estudante da Escola Municipal Arquimedes Fernandes e morava no assentamento Padre Ezequiel.

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br