Correio Central
Voltar Notícia publicada em 08/08/2018

Valério Pessoa recua e não lança candidatura a deputado estadual

Vice-prefeito de Ouro Preto do Oeste desistiu de disputar a campanha por que o PRB teria dois candidatos na cidade e os regionais.

O radialista e vice-prefeito de Ouro Preto do Oeste Valério Pessoa, filiado ao PRB, não teve seu nome incluído na lista dos candidatos a deputado estadual que foram homologados na convenção do partido, que realizada no último sábado (4) no clube Kabanas no período da tarde.

O pré-candidato comunicou sua desistência a comissão que coordenava a relação de candidatos momentos antes do fechamento da Ata de registro de candidatos a deputado estadual. Ele fará parte da coordenação de campanha do deputado federal Lindomar Garçon e do candidato a senador pelo PRB pastor Edésio Fernandes.

Valério Pessoa desistiu de disputar a candidatura após uma conversa reservada que ele teve com os dirigentes do diretório regional do PRB que foi conduzida pelo presidente estadual da legenda, o deputado federal Lindomar Garçon.

O vice-prefeito recuou após reavaliar a nominata do PRB que, nas últimas negociações antes da data da convenção, decidiu se unir ao Patriota e as duas siglas partidárias formaram uma coligação com 44 candidatos a deputado estadual.

O PBR lançou 38 candidatos e o Patriotas indicou seis nomes. Na relação do PRB, Valério Pessoa teria na campanha um concorrente da sua cidade que é o médico Perly Dorneles, e na relação de candidatos a deputado pelo Patriota foi incluído o nome de Luiz Gomes Furtado, ex-prefeito de Nova União e de Sebastião Custódio, que foi vereador por Ouro Preto do Oeste.  

O vice-prefeito afirmou que tomou essa decisão por entender que estaria disputando votos com vários candidatos no mesmo reduto e ele também citou a entrada na coligação do candidato Flávio Corrêa, de Jaru, filiado ao Patriotas e de outros candidatos regionais que estarão disputando entre si.

“Há momentos que temos de ter prudência e serenidade nas decisões, principalmente quando envolve política. Eu decidi abrir mão e vou poder continuar meu ritmo de trabalho e, não saindo candidato, posso continuar ajudar a administração”, argumentou Valério Pessoa.

Valério Pessoa participou da convenção mas abriu mão de candidatura e aceitou coordenar a campanha do deputado Garçon

 

 

 

 

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br