Correio Central
Voltar Notícia publicada em 25/05/2018

População em Ouro Preto do Oeste ajuda caminhoneiros doando vacas, suínos e até galinhas; veja vídeo de um exemplo

Um agricultor da Linha 166 trouxe a maior leitoa do seu criatório para oferecer aos caminhoneiros parados.

Os caminhoneiros brasileiros autônomos estão dando um exemplo de união de força em prol da nação com a paralisação geral, e a grande maioria da população corresponde com apoio e solidariedade.

Em Ouro Preto do Oeste (RO), no Km 387, ponto 8 dos 12 pontos de bloqueios monitorados pela PRF na rodovia federal, não seria diferente.

Esse é o sentimento da maioria das pessoas que estão vendo a classe parar o Brasil, e muitos estão indo prestando solidariedade aos profissionais da estrada.

Os mais de 200 caminhoneiros de várias partes do país que estão com seus veículos estacionados nos postos e no ponto de interdição na saída da cidade, sentido Jaru, estão recebendo apoio da população, como o do pecuarista David Panetto, que na tarde de quinta-feira (24) estacionou a caminhonete no local e entregou uma novilha de 14 arrobas pronta para o consumo.

O produtor rural Carlos Silva, levou duas leitoas, outro agricultor da Linha 166 apareceu com uma leitoa que, aliás, era a maior do seu criatório. Houve gente que levou mais carnes, galinha, frutas, leite e alimentos diversos. Cada um quer demonstrar que é favorável ao movimento.

No primeiro dia da paralisação, empresários da cidade tomaram a iniciativa ao fecharam as portas mais cedo para ir até o ponto do bloqueio na BR-364 prestar apoio aos caminhoneiros.  

Organizados, e de forma pacífica, os caminhoneiros estão fazendo manifestação sem desordem, respeitando o direito de ir e vir de todas as pessoas. “A gente não arreda o pé daqui de jeito nenhum. Queremos ser atendidos”, disse um profissional da estrada no café da manhã desta sexta-feira, 25.

CRIADOR LEVA NOVILHA DE 14 ARROBAS PARA ALIMENTAR OS GREVISTAS

MÁQUINA JOGA BRITA PARA ELIMINAR POÇA DE ÁGUA NO REFEITÓRIO IMPROVISADO

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues