Correio Central
Voltar Notícia publicada em 10/10/2017

PM retira marcações de 73 terrenos em quadras do Residencial Park Amazonas, invasores põem de novo

Área pertence ao ex-prefeito Alex Testoni e a empresa Casa & Terra; PM amanheceu no local hoje para impedir novas ocupações

Desde a noite de domingo a Polícia Militar de Ouro Preto do Oeste tem feito diligências e vigília constante em uma área do Residencial Park Amazonas, para realizar a retirada de piquetes instalados por um grupo de pessoas que estão demarcando terrenos em três quarteirões que pertencem Casa & Terra empreendimentos Imobiliários, ao ex-prefeito Alex Testoni. O grupo de aproximadamente 80 pessoas garantem que vão insistir até verem a documentação da área. 

No domingo à noite, Moizaniel Niza, o ex-chefe de gabinete do ex-prefeito foi ao local e tentou negociar com os ocupantes da área. Ontem, duas ocorrências foram registradas na Delegacia Civil na tarde de segunda-feira (9), uma pelo gerente geral e procurador do ex-prefeito, outra pelo encarregado administrativo da Casa & Terra. O representante de Testoni e da empresa comunicaram que invasores demarcaram a área medindo 7,3696 hectares com estaca, cordões de barbantes e faixas zebradas.

Da parte dos invasores, eles afirmam que são 73 famílias que não entraram na relação de candidatos imediatos a ganhar moradias no conjunto habitacional em construção e só vão desistir da ocupação na hora que a empresa e o ex-prefeito apresentarem documento de posse das quadras.

A empresa enviou uma pá-carregadeira ao local e retirou barracos de lona e piquetes da sua área expulsando quem estava no local, mas o número de invasores aumentou na noite de segunda-feira, e a PM esteve novamente no local para retirar os ocupantes, que após a saída dos militares disseram que iriam novamente demarcar os terrenos.

 Não há uma liderança específica no grupo de pessoas que querem demarcar lotes nas quadras, mas eles afirmam que quantas vezes forem necessárias voltarão a ocupar os quarteirões. Alguns invasores se queixaram que o condutor da máquina enviada pela Casa & Terra agiu com truculência jogando o veículo pesado contra mulheres e crianças.

Ontem, duas viaturas compostas dos Pms Izac, Araújo, Campos e Ricardo retiraram armações de barraco e piquetes, e patrulharam a área durante a madrugada.

PM AMANHECEU NAS IMEDIAÇÕES DA INVASÃO PARA IMPEDIR NOVAS MARCAÇÕES 

   

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues