Correio Central
Voltar Notícia publicada em 24/07/2018

Ouro Preto: Polícia indicia homem por abuso sexual praticado contra a sobrinha de 13 anos

O tio da menor poderá ser condenado, pois sexo com menor de 14 mesmo consentido pela Lei é estupro de vulnerável.

A Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste conduz um inquérito de estupro de vulnerável contra um homem que vinha mantendo relações sexuais com a própria sobrinha de 13 anos de idade, o abuso sexual era constante e chegou ao ponto de a menor se apaixonar pelo irmão de sua mãe.

O caso foi registrado pela Polícia Militar do distrito de Rondominas e encaminhado para a Delegacia Civil de Ouro Preto.

A menina ficou sob a responsabilidade da avó paterna, foi seduzida pelo tio a ponto de se apaixonar por ele, e mesmo após a denúncia ser registrada na Delegacia ela estaria se organizando para fugir com o tio para Minas Gerais.

Militares lotados no distrito também obtiveram a informação que após a denúncia do abuso sexual a menina deixou a casa da avó e foi morar com uma tia, e lá estaria se encontrando com o tio tarado, que pulava o muro da casa da irmã para transar com a menina.

A adolescente teria pegado o celular da tia escondido para orientar o tio sobre o horário que ele poderia ir até a casa onde ela estava.

O delegado Niki Alves Locatelli confirmou os fatos, porém limitou-se a informar que um inquérito policial está em curso e que o acusado de ser o autor do abuso sexual será responsabilizado pelos seus atos.  

De acordo com o Artigo 217-A do Código Penal, se o indivíduo praticar sexo com menor de 14 anos e ficar constatada a conjunção carnal ou qualquer ato libidinoso com ela, mesmo com o consentimento da vítima é considerado crime de Estupro de Vulnerável.    

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br