Correio Central
Voltar Notícia publicada em 28/05/2017

Mãe e filha morrem em acidente na 429 provocado por médico de Ji-Paraná

A caminhonete conduzida pelo médico Manuel Lopes Lamego atropelou mãe e filha; ele não prestou socorro às vítimas e seguiu viagem

Mais uma tragédia é registrada no Estado de Rondônia, mãe e filha que seguia pela BR-429 em uma motoneta Honda Biz de cor vermelha próximo a cidade de Presidente Médici foram tragicamente mortas após serem atropeladas por uma camionete S-10 de cor preta que em alta velocidade, com o impacto as vítimas foram lançadas por mais de 30 metros de distância na ribanceira da ponte do Rio Machado.

O fato ocorreu na noite deste sábado (27), a mãe identificada como Mara Vanuchi morreu na hora e a filha Bruna Vanuchi chegou a ser socorrida até o hospital municipal porém devido aos graves ferimentos acabou vindo a óbito logo após dar entrada no pronto socorro.

De acordo com as policiais, o condutor da camionete após atropelar as vítimas fugiu do local sem prestar socorro, sendo capturado momentos depois e preso em flagrante, pois o mesmo apresentava visível estado de embriagues e no interior da camionete havia latas de cerveja.

O acusado, que é médico ginecoligista e legista e conhecido como Dr. Manuel Lopes Lamego, se recusou a gravar entrevista, mas alegou em sua versão que não sentiu nenhuma batida e que pensa ter sido atingido por trás, ele também confessou ter bebido. Fonte: Planeta Folha - foto Estado Central