Correio Central
Voltar Notícia publicada em 11/12/2018

Leilão Direito de Viver: carreta bitrem sorteada é entregue ao ganhador

“É uma satisfação eu ter colaborado e ter tido o privilégio de ter sido premiado. Só quero agradecer a Deus, tudo que a gente faz é mandado por Deus”

A coordenação do 8º leilão Direito de Viver de Ouro Preto do Oeste, Vale do Paraíso e Distrito de Rondominas realizou na tarde de segunda-feira (10) a entrega da carreta bitrem ao contemplado Mário Tochio Hirano, que é morador de Santa Luzia d’Oeste e trabalha na agência da Idaron.

Dete Araújo, com a professora Rosária Helena, o empresário Wilson Quintino e Tininha, coordenadoras e captador do Leilão Direito de Viver de Ouro Preto do Oeste, respresentaram a comissão no ato da entrega.

Diferente da publicação anterior informando que Mário Tochio trabalhava em Cerejeiras, no Cone Sul, houve uma informação distorcida, retificamos que o ganhador nunca trabalhou naquela região e sempre foi um captador de garrotes para o Leilão de santa Luzia.  

Mário adquiriu um único cupom, o de nº 13545, das mãos do presidente do Leilão Direito de Viver em Santa Luzia, com a pretensão apenas de colaborar como sempre faz, e teve a sorte grande de ser o ganhador da carreta bitrem.

Filho de pais japoneses, Mario Tochio é católico, e comentou que esse prêmio ele considera uma benção de Deus em sua vida. “É uma satisfação eu ter colaborado e ter tido o privilégio de ter sido premiado. Só quero agradecer a Deus, tudo que a gente faz é mandado por Deus”, expressou-se.

O empresário e pecuarista José Araújo, presidente do Leilão Direito de Viver em Ouro Preto, agradeceu imensamente aos colaboradores da 8ª edição do leilão, e enfatizou que essa corrente solidária que é demonstrada todos os anos é gratificante e revigorante para todos os envolvidos nessa causa.

A coordenação estadual do Leilão Direito de Viver em Rondônia divulgou que a arrecadação com a venda de cupons rendeu cerca de R$ 244.000,00 (duzentos e quarenta mil reais), e que a venda de cupons para o leilão de Ouro Preto do Oeste arrecadou em torno de R$ 70 mil.

A carreta para o sorteio foi doada pelo caminhoneiro Adriano Gomes, que reside em Vilhena, durante as manifestações da greve dos caminhoneiros no Brasil. O doador tinha um irmão sofrendo de uma enfermidade cancerígena e fez a promessa de doar o seu veículo caso seu irmão que se tratava no Hospital de Amor da Amazônia obtivesse a cura.

Mário Tochio adquiriu o cupom nº 15.545 e foi o grande felizardo que ganhou a carreta bitrem

Fonte: www.correiocentral.com.br