Correio Central
Voltar Notícia publicada em 24/08/2018

DSM Tortuga promove Tour em confinamento da Dom Bosco Pecuária em Ouro Preto do Oeste

O ciclo de palestras com Tour pelo confinamento é dirigido a 250 criadores convidados de várias partes do estado de RO.

A DSM, detentora da marca Tortuga, realiza neste sábado (25) na Fazenda Dom Bosco, localizada em Ouro Preto do Oeste (RO) no KM 02 da BR-364, o Tour DSM Confinamento que é um encontro técnico com apresentação de novas tecnologias em nutrição animal, manejo e demais práticas que poderão auxiliar criadores de gado de corte a melhorar a produtividade e a eficiência do seu rebanho.

Durante o evento na Fazenda Dom Bosco que mantém um confinamento de 2.000 bois, serão apresentadas palestras com debates sobre novas tecnologias, perspectivas e práticas no manejo do confinamento e semiconfinamento.

O dia de campo no confinamento da Fazenda Dom Bosco ocorrerá no período da manhã, e é dirigido a 250 pecuaristas convidados de várias partes do estado de Rondônia.

A abertura será feita a partir de 8h30 pelo Zootecnista Rodolfo Ribeiro, Gerente da DSM Tortuga em Rondônia e no Acre. Às 8h45, o Zootecnista Marcos Baruselli, Gerente da Categoria Confinamento – DSM vai apresentar o panorama atual sobre “indicadores zootécnicos de bovinos confinados no Brasil”.

Às 9h30, haverá a palestra “indicadores financeiros de bovinos de corte no Brasil”, pelo pesquisador Thiago Carvalho (CEPEA/ESALQ/USP), Doutor em administração de empresas especialista da área econômica voltada para o agronegócio.  

Às 10h15, o Zootecnista Victor Simonetti que é assistente técnico comercial da DSM vai falar sobre o Manejo e os resultados do confinamento da Fazenda Dom Bosco e, em seguida, os participantes farão uma visita técnica.

A Fazenda Dom Bosco mantém este ano um confinamento com 2.000 garrotes fechados, e a meta para o próximo ano é confinar 8.000 bois em dois ciclos. Entre dezembro e fevereiro, foi feito o plantio e colheita da silagem na fazenda que tem fábrica própria de ração de prepara da nutrição animal

Segundo o pecuarista Alex Testoni Filho, o Ninho Testoni, que administra o confinamento da DB Pecuária, no ano passado foi feito um confinamento menor de experimento na propriedade com insumos adquiridos em Mato Grosso que serviu de aprendizado.

Este ano, foi providenciado o plantio, a fábrica produz a ração que vai pra os coxos e a intenção é tornar a propriedade autossustentável na produção da nutrição animal aumentar a capacidade. “São etapas, cada ano a gente aprende e coloca em prática uma etapa. A ideia da nossa organização que é a DB Pecuária é se tornar autossuficiente”, pontua.

Outra meta da DB Pecuária é adquirir os animais para o confinamento na Região Central para valorizar o pequeno produtor, ampliar as parcerias de bezerros. A gente entrega o bezerro para o parceiro, e ele entrega pra nós com um ano o garrote, e esse ciclo valoriza o mercado da região”, concluiu Ninho Testoni.     

Confinamento da Fazenda Dom Bosco fica localizado no Km 02 da RO-470 a quatro kms da cidade de Ouro Preto do Oeste

Plantio da silagem para produção da nutrição animal foi realizado entre janeiro e fevereiro para suprir a demanda do confinamento

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues