Correio Central
Voltar Notícia publicada em 20/12/2017

Governo atende requerimento de Laerte Gomes e transfere feriado do dia 4 para 2 de janeiro

Laerte Gomes foi porta voz do empresariado, para que interesses econômicos do Estado não sejam dizimados em decorrência de feriado no meio da semana.

Atendendo Requerimento do deputado estadual Laerte Gomes (PSDB), o governador Confúcio Moura assinou nesta terça-feira (19) o Decreto nº 22.484 que transfere para o dia 2 de janeiro de 2018 o feriado estadual de 4 de janeiro, alusivo à instalação do Estado de Rondônia, exceto para os órgãos prioritários cujas atividades não podem sofrer solução de continuidade, e que desempenhem serviços essenciais à população.

Com o Decreto, o feriado, que seria na primeira quinta-feira do ano, vai comemorado na terça-feira, estendendo o feriado de 1º de janeiro, de Ano Novo, e a população rondoniense terá um feriadão de quatro dias.

No Requerimento, o deputado Laerte, que é líder do governo na Assembleia Legislativa, argumenta da necessidade de transferir o feriado de 4 de janeiro para o dia 2 de janeiro de 2018, a fim de que os interesses econômicos do Estado não sejam dizimados em decorrência de feriado no meio da semana.

O deputado Laerte Gomes afirmou que apresentou o Requerimento sugerindo a antecipação do feriado, após avaliar inúmeros pedidos e sugestões de empresários de diversas partes do estado, durante reuniões em que esteve para falar sobre as mudanças do Simples Estadual e do Refaz que ele defendeu junto ao governo do Estado.

O parlamentar salienta que, a mudança de data prejudica bem menos a primeira semana do ano de 2018, de maneira que o Decreto assinado pelo governador Confúcio atende não somente o apelo do empresariado. “Eu na verdade estou sendo o porta voz de vários seguimentos da nossa cadeia produtiva. Eu pedi ao governador que fosse transferido a data do feriado para atender a diversos pedidos de representantes do setor produtivo, da Federação das Associações Comerciais do estado e, principalmente, do Clube de Diretores Lojistas e a Associação Comercial de Ji-Paraná, além de profissionais liberais e de muitos comerciários”, justifica o deputado.

REQUERIMENTO DE LAERTE GOMES FOI PROTOCOLADO NO DIA 13 DE DEZEMBRO

  

Fonte: Assessoria