Correio Central
Voltar Notícia publicada em 17/02/2016

Calouros são queimados com creolina e larvicida durante trote, em Rondônia

Lucas Ribeiro Boehm, de 17 anos, disse ao portal que a participação no trote não era obrigatória, mas os veteranos alertaram que quem não participasse estaria impedido de participar das festas ao longo do curso.

Um grupo de seis estudantes recém aprovados em uma universidade de Vilhena, em Rondônia, ficaram feridos após um trote ocorrido dentro da instituição. Segundo o G1, os veteranos fizeram uma mistura com creolina e larvicida e jogadram nos novos colegas, causando queimaduras de primeiro grau em diferentes partes dos corpos das vítimas.

Lucas Ribeiro Boehm, de 17 anos, disse ao portal que a participação no trote não era obrigatória, mas os veteranos alertaram que quem não participasse estaria impedido de participar das festas ao longo do curso. "Todo mundo resolveu fazer, pois achávamos que seria legal participar, por ser o primeiro ano de faculdade. Mas não imaginávamos que seria isso. Jogaram um monte de spray em mim. Tinha gente lá fora da faculdade e quem fugisse seria pior. Foi horrível", afirmou.

Entre as vítimas envolvidas, três registraram boletim de ocorrência.

Fonte: Notícias ao Minuto/MSN