Correio Central
Voltar Notícia publicada em 05/01/2019

8º Leilão Direito de Viver arrecada mais de R$ 1,1 milhão; evento arrecadou 798 bovinos

Nessa conta não é somada a arrecadação dos cupons do sorteio da carreta bitrem, em que a coordenação do Leilão em Ouro Preto do Oeste arrecadou mais de R$ 70 mil.

A Coordenação do 8º leilão Direito de Viver de Ouro Preto do Oeste, Vale do Paraíso e Distrito de Rondominas realizado no dia 9 de dezembro de 2018, apresentou a prestação de contas da arrecadação total de recursos em prol do Hospital de Câncer de Barretos (SP) e Hospital de Amor da Amazônia, em Porto Velho (RO).

O total liquido arrecadado é de R$ 1.113.823, 21 (Um milhão, cento e treze mil, oitocentos e vinte e três reais e vinte e um centavos). O subtotal arrecadado atingiu a cifra de R$ 1.162.957,05, descontadas as despesas que somaram o valor de R$ 48.903,74, mais R$ 271,00 de descontos pelo gado pagos à vista no leilão.

Nessa conta não é somada a arrecadação dos cupons do sorteio da carreta bitrem, em que a coordenação do Leilão em Ouro Preto do Oeste arrecadou mais de R$ 70 mil, perfazendo em torno de um terço da arrecadação total em todo o estado de Rondônia.

O destaque na campanha do 8º Leilão Direito de Viver de 2018 foi a arrecadação do “Boi de Ouro”, que arrecadou R$ 209.020,00. Ao invés de sortear o tradicional “bezerro de ouro”, a organização leiloou um boi da raça Nelore Pintado, doado pelo pecuarista André Pessin e o ganhador é o empresário Adalberto Feliciani (Casa da Lavoura).

“É a maior arrecadação em leilão dessa natureza que se tem notícia. O sorteio do boi foi simbólico, quem doou a partir de mil reais o fez com o coração e é isso que nos motiva a continuar lutando por essa causa”, comemora o pecuarista José Araújo, presidente do Leilão Direito de Viver de Ouro Preto do Oeste.

A professora Rosaria Helena, coordenadora do 8º leilão Direito de Viver, destacou as campanhas individuais da loja Maçônica, a arrecadação voluntária da população regional, nas escolas, no Bazar do Bem e do Vale das Cachoeiras. “É uma corrente em prol do amor, unicamente a favor de fortalecer o hospital que acolhe nossos enfermos nas horas difíceis”, pontuou.   

3º PEDAL DIREITO DE VIVER – R$ 21.485,20

A arrecadação do 3º Pedal Direito de Viver, evento realizado pela Loja Maçônica Estrela do Norte nº 14 e Clube das Romãs, rendeu R$ 21.485,20 liquido. O 3º Pedal Direito de Viver reuniu 175 participantes de várias partes do Estado que são adeptos do ciclismo mountain bike (ciclismo de montanha), eles participaram de provas com percursos de 30 Km, 45 Km e de 80 Km por trilhas inóspitas e áreas de matas no entorno de Ouro Preto do Oeste.

DOAÇÕES EM DINHEIRO – R$ 31.458,60

Soma arrecadada com doações voluntárias em espécie de pessoas, crianças, jovens e adultos, que queriam contribuir de alguma forma e repassaram algum valor para o Leil~çao Direito de Viver.

LAZER SOLIDÁRIO NO VALE DAS CACHOEIRAS – R$ 14.079,00

O Vale das Cachoeiras Water Park dedicou o primeiro domingo de dezembro a arrecadação em prol do 8º Leilão Direito de Viver, toda a arrecadação da portaria foi revertida para a comissão organizadora.

A direção do Vale das Cachoeiras Water Park ainda doou o Título de Sócio honorário nº 1, que nunca foi comercializado, para ser leiloado em data a ser anunciada.

RENDA DO BAR – R$ 16.074,00

 A arrecadação da comercialização de bebidas do bar no dia do Leilão é responsabilidade dos membros da Loja Maçônica Acácia de Ouro Preto nº 2409 e clube das Acácias, entidades parceiras do Leilão Direito de Viver desde a primeira edição.

BAZAR DO BEM – R$ 7.117,00

O Bazar do Bem é o dia da pechincha e oferta produtos e vestuários novos doados por colaboradores comercializados durante o leilão Direito de Viver. O Bazar do Bem é coordenado peles membros do Lions Clube Ouro Preto que se dedicam bastante a causa.

ARRASTÃO DO BEM – R$ 5.000,00

No Arrastão do Bem, os voluntários do Leilão Direito de Viver de Ouro Preto do Oeste percorrem as avenidas e ruas da cidade convocando a população a doar voluntariamente em prol do Hospital de amor.  

ARRERCADAÇÃO NAS ESCOLAS – R$ 4.638,10

A arrecadação em prol do leilão nas escolas é mais uma célula de angariar fundos surgida graças a vontade de colaborar dos educadores, funcionários e alunos das escolas da cidade de Ouro Preto do Oeste.

PESCARIAS E BRINQUEDOS – R$ 4.308,15

A arrecadação obtida na barraca de pescaria e nos brinquedos infantis são de responsabilidade do Clube das Camélias, grupo formado por voluntárias e voluntários que participam de todas as atividades realizadas durante o ano em prol do Leilão Direito de Viver.   

No cartaz com a descrição da prestação de contas confeccionado anualmente a comissão organizadora expressa a gratidão com as pessoas que colaboraram.

“A coordenação do 8º Leilão Direito de Viver agradece a participação de todos aqueles que, de alguma forma, direta ou indiretamente se empenharam e prestigiaram essa campanha que objetivou arrecadar recursos em prol do Hospital de Amor. Com a dedicação de todos alcançamos grande e importante resultado.”     

Fonte: www.correiocentral.com.br - fotos Edmilson Rodrigues