Correio Central
Voltar Notícia publicada em 19/09/2018

Raio cai em coqueiro e mata cinco bovinos na região rural de Vale do Paraíso, em RO

Neste período de queda de raios o perigo aumenta nas propriedades rurais onde há muitos registros de sinistros.

Uma descarga elétrica de um raio atingiu um coqueiro e matou cinco bovinos, o sinistro da natureza foi registrado no último sábado em uma propriedade rural localizada na zona rural do município de Vale do Paraiso, na linha 612.

O gado estava embaixo de um dos pés de coqueiro do pasto e foi atingido por uma descarga fulminante. O sítio pertence ao empresário e pecuarista Wilson Quintino, que mora em Ouro Preto do Oeste.  

Wilson Quintino fez o alerta para o risco que a queda de raios em árvores e cercas que ocorre muito nesta época do ano oferece, e os cuidados necessários devem ser tomados. “É um perigo violento, no caso da cerca de arame liso o perigo é maior ainda mesmo você estando longe de onde o raio venha a cair”, orientou.

O pecuarista Edgar Gomes Ribeiro, que também reside em Ouro Preto do Oeste e possui uma propriedade rural no município de Rio Crespo registrou experiencia semelhante à de Wilson Quintino no ano passado, em suas terras localizadas na Linha C-95, região do Projeto Novo Oriente.   

Na propriedade de Edgar, uma queda de raio matou 14 vacas e oito bezerros, uma semana depois outra descarga elétrica matou 11 garrotes pesando mais de 12 arrobas cada.

Segundo o pecuarista, ele só encontrou os animais mortos dois a três dias depois do ocorrido. Uma medida emergencial adotada na propriedade foi a instalação de isoladores em hastes para aterramento de transformador em alguns trechos de cerca com maior concentração de animais.

Caso um raio caia o aterramento consome toda a energia descarregada. O procedimento mais seguro é fazer o aterramento de para-raios, um sistema que tem um custo elevado de acordo com a dimensão da cerca.

 

 

Fonte: www.correiocentral.com.br